Publicidade
Pesquisa revela que os brasileiros estão cada vez mais se conectando à internet através da televisão
15 de Dezembro de 2023

Pesquisa revela que os brasileiros estão cada vez mais se conectando à internet através da televisão

Relatório foi desenvolvido pelo IAB Brasil em parceria com Offerwise

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Segundo a pesquisa “TV Conectada Brasil 2023: Hábitos de consumo e um panorama sobre a publicidade”, desenvolvida pelo IAB Brasil em parceria com Offerwise, cada vez mais os brasileiros estão se conectando à internet através da televisão: entre os que assistem TV Conectada já são 78%.

Depois de 2 anos de estabilidade, a proporção de usuários de internet no Brasil voltou a crescer. Em 2015 o número de usuários brasileiros com internet era de 102 milhões, o equivalente a 58%. Já neste ano de 2023 o percentual subiu para 84% (156 milhões).

Publicidade

58% dos usuários acessaram a internet através da TV em 2023. Do mesmo modo, o tempo pela qual os brasileiros passam assistindo TV equivale à 31% (mais de 2 a 4 horas) e 24% (de 1 a 2 horas).

Há uma diversificação em relação aos formatos que assistem na TV, mas chama a atenção a força dos apps de streamings pagos, que dividem o 1º lugar com canais de TV aberta (47%).

Vale ressaltar ainda que, os anúncios na TV são efetivos: 3 entre cada 5 internautas que viram anúncios realizaram a compra do produto ou serviço posteriormente. 68% dos que nunca compraram, já se interessaram em adquirir algo depois de ver um anúncio.

A pesquisa destaca dois tópicos importantes: 78% dos que assistem TV fazem isso todos os dias ou quase todos os dias e também da realidade que é a multitarefas de mídia, pela qual 57% dos usuários assistem TV e acessam outros dispositivos, como celular, tablets e notebooks.

Por fim, é necessário levar em conta as diferenças, especialmente entre classes e faixa etária: classes mais altas estão mais conectadas, são mais receptivas a anúncios e compram mais através da TV. Por outro lado, os mais jovens (ger. Z) e mais velhos são os que menos fazem isso.

Confira aqui a pesquisa completa.

Foto:Freepik

Publicidade
Publicidade