Publicidade
Grupo ND investe em produção que resgata a história da colonização açoriana no Sul do Brasil
28 de Março de 2022

Grupo ND investe em produção que resgata a história da colonização açoriana no Sul do Brasil

Projeto Açores, Conhecer é Viver!  visa estimular intercâmbio com Santa Catarina.

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Em 2023 comemoram-se os 275 anos da imigração açoriana e o Grupo ND inicia as comemorações da data lançando o Projeto Açores, Conhecer é Viver, que irá contar a saga dos portugueses que atravessaram o Atlântico para se estabelecer no Sul do Brasil.

 

Publicidade

Viva Açores, conhecer é viver!

O projeto estará presente em todas as plataformas do Grupo ND – televisão, portal de notícias na internet, revistas e jornal impresso – com ampla produção de conteúdos exclusivos a partir de abril próximo até janeiro de 2023. O projeto tem a curadoria da professora e escritora Lélia Pereira Nunes.

Os açorianos foram os primeiros colonizadores de Santa Catarina. A identidade açoriana se estende por todo o litoral catarinense, de São Francisco do Sul até Passo de Torres. São inconfundíveis as características na gastronomia, arquitetura, artes e no sotaque manezinho.

Um dos principais objetivos do projeto é mostrar e aproximar os Açores de Santa Catarina, despertando o intercâmbio cultural, promovendo o turismo e a prospecção de investimentos bilaterais. Equipes de jornalismo do Grupo ND vão percorrer e mostrar a vida no arquipélago, seu valor histórico e seu potencial econômico, turístico e cultural.

 

Evento de lançamento

O evento reuniu as autoridades do Governo de Açores e também autoridades catarinenses e diretoria do Grupo ND. Estiveram presentes António Ventura, Secretário Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural do Governo de Açores, que na ocasião representou o presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro; Gean Loureiro, prefeito de Florianópolis; Topázio Silveira Neto, vice-prefeito de Florianópolis; Gislaine Dias da Cunha, prefeita de Sombrio; Godofredo Gomes Moreira Filho, prefeito de São Francisco do Sul; e Edson Lemos presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC).

Essa é uma iniciativa inédita que vai valorizar a colonização açoriana no Estado de Santa Catarina e promover o conhecimento de todos os catarinenses sobre suas origens. Os açorianos migraram para o Sul do Brasil há 275 anos e agora terão essa história contada e valorizada pelo Grupo ND. A possibilidade de intercâmbio cultural e também de investimentos bilaterais são premissas norteadoras do projeto. O presidente do Grupo ND, Marcello Corrêa Petrelli, se emocionou no lançamento do projeto e ressaltou a confiança do Governo de Açores nesta iniciativa. “Estamos impactados e lisonjeados com a confiança do Governo de Açores. Somos uma empresa de comunicação que produz mais de 19 horas diárias de conteúdo local e regional, temos a premissa de servir, levar conhecimento, apresentar e difundir a integração desses dois mundos. Falamos com mais de 10 milhões de pessoas pelos nossos canais online e vamos mostrar essa cultura com grande emoção.  Nada se faz sem emoção no Grupo ND”, enfatizou Petrelli.

O presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, destaca, em vídeo, a sua gratidão ao Grupo ND pela iniciativa . “Me orgulha esse projeto que vai impactar cerca de 210 milhões de pessoas. É uma grande emoção contar como essa história começou entre Açores e Santa Catarina”, afirma.

Na ocasião, o diretor regional do Grupo ND, Roberto Bertolin, entregou uma placa ao Secretário Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural do Governo de Açores, António Ventura, em homenagem a esse intercâmbio cultural e destacando Florianópolis como a 10ª Ilha de Açores.
O lançamento oficial teve em sua abertura a apresentação da Tocata da Casa: Música Folclórica Típica Açoriana, que emocionou o público com músicas regionais açorianas.

A curadora do projeto Lélia Pereira Nunes, professora e escritora, destaca a importância de se conhecer a origem dessa cultura e das famílias que colonizaram o estado. O evento também teve a exposição fotográfica de Joel Pacheco, arquiteto e urbanista, fotógrafo e programador visual, autor de livros sobre o tema.

 

Conteúdo

Este é um projeto realizado pelo Grupo ND com patrocínio do Sindicato das Escolas Particulares de Santa Catarina (Sinepe/SC) e apoio do Museu Histórico de Santa Catarina e Fundação Catarinense de Cultura.

Produção de conteúdo multiplataforma – O diretor de conteúdo do Grupo ND, Luís Meneghim, ressalta que este é um projeto jornalístico de alta qualidade. “Estamos orgulhosos e motivados de movimentar uma equipe de profissionais da comunicação para cumprir essa missão”.

Serão produzidas 36 matérias especiais ao longo do projeto e ao final uma série de 2 horas, que vão mostrar todo o potencial turístico, o empreendedorismo, por meio de reportagens diferenciadas.

O portal de notícias de Santa Catarina, ND+, também apresentará os conteúdos exclusivos, assim como as redes sociais do Grupo ND. A ND Rádio também vai tocar músicas regionais de Açores.

“Todo o rico material vai detalhar como nunca e contar essa história para comemorar a identidade cultural comum há 275 anos”, destaca Luís Meneghim.

Fotos: José Somensi

 

Publicidade
Publicidade