Cannes Lions: Activision Blizzard indica futuro dos games e presença maior de empresas
30 de Julho de 2022

Cannes Lions: Activision Blizzard indica futuro dos games e presença maior de empresas

Activision é um dos players mais importantes no crescimento do mundo dos games

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

O anúncio da compra da Activision Blizzard pela Microsoft por 69 bilhões de dólares em janeiro de 2022 causou uma enxurrada de notícias, especialmente pelo enorme valor envolvido. Mas com um catálogo de jogos que inclui Call of Duty e Overwatch e a visão de futuro da companhia, fica mais fácil entender por que a empresa criada por Bill Gates abriu a carteira para a aquisição.

Presente em Cannes Lions, a Activision é um dos players mais importantes no crescimento do mundo dos games, que não parou com a pandemia – já que as pessoas ficaram em casa – e deve crescer ainda mais, com as novas gerações imersas nos jogos cada vez mais realistas e os “pais e avós”, pioneiros do videogame, ainda comprando jogos e se envolvendo com eles.

Publicidade

Na palestra em Cannes, o CMO Fernando Machado – executivo brasileiro com passagem por Unilever e Burger King – e o CCO Pelle Sjoenell destacaram as razões para o envolvimento das pessoas com os jogos, destacando o sentimento de progresso, a competitividade e a colaboração e criação de comunidades.

Os mesmos argumentos também são usados para novas tecnologias como o metaverso, buscando atrair as empresas e seus líderes de marketing a perceber o enorme potencial de ações conjuntas e campanhas que se encaixem com os jogos e as culturas das empresas. Algo similar, por exemplo, ao que já acontece na produção de conteúdo postado em plataformas como YouTube e Instagram.

Se o mercado de games já movimenta bilhões atualmente com uma presença ainda tímida de empresas e publicidades do tipo, o potencial para geração de receita ainda maior é enorme.

Publicidade