Publicidade
Campanha da Citroën tem um tom mais cômico para tirar sarro das elites
04 de Junho de 2024

Campanha da Citroën tem um tom mais cômico para tirar sarro das elites

De forma divertida, a campanha da Citroën levanta a bandeira para um assunto que acaba sendo um tapa na cara das elites, que é o desejo de monopolizar tudo aquilo que a sua conta bancária permite.

Publicidade

Durante um grande período os carros elétricos, por serem muito caros, foram privilégios de apenas algumas pessoas, não é mesmo? Porém, agora, o jogo mudou e isso que a campanha da Citroën quer mostrar.

A marca apresenta na ação o seu novo ë-C3, que na Europa tem o valor inicial de 23 mil euros. Tudo isso porque ela “quer fazer com que os carros elétricos, que até recentemente só podiam ser conduzidos pela elite, sejam finalmente acessíveis a todos”, explicou o Marketing Directo.

Publicidade

No filme da campanha da Citroën podemos ver a bandeira levantada pelo fabricante francês do fato de que “acabou” o monopólio de privilégios da elite.

“Ser razoável e simultaneamente procurar o impossível era o que pretendíamos na campanha de lançamento do ë-C3. E o anúncio pode não ser muito razoável, mas como o impossível não é francês, queremos agradecer à Citroën, à nossa equipa e a Fredrik Bond por tornarem o impossível possível”, comentou Stéphane Xiberras, presidente e diretor criativo da BETC, que foi a responsável pela campanha.

 

Campanha da Citroën traz uma grande festa no estilo do século XVIII 

Nas cenas da campanha da Citroën, podemos ver uma grande festa inspirada naquelas que vemos da elite do século XVIII, onde as mulheres até usavam grandes perucas e, claro, com um grande banquete. Toda a comemoração é interrompida por um “grupo de rebeldes a bordo de uma frota de veículos ë-C3 da Citroën que tem de superar todo tipo de medidas de segurança delirantes (e exageradas): jogadores de polo, bolas de golfe e redes de tênis. E as elites claramente não querem que os carros elétricos sejam disponibilizados às massas”.

 

 

“O novo ë-C3 é um produto revolucionário e traz pela primeira vez mobilidade elétrica de alta qualidade ao mundo. Este é um produto que merecia uma campanha de grande impacto, visualmente atrativa e adornada com uma banda sonora fantástica”, destacou Federico Goyret, vice-presidente global de marketing e comunicação da Citroën, segundo informações da publicação.

A nova campanha da Citroën terá ativações em diversas plataformas, incluindo, as redes sociais.

 

Nova campanha da Citroën tem um tom mais cômico para tirar sarro das elites

Ficha técnica
Anunciante: Citroën
Produto: ë-C3
Campanha: The Revolution
Gestores da Marca: Federico Goyret, Fabian Rodriguez, Sylvain Péraldi, Véronique Le Tallec

Agência: BETC
Gerente de Agência: Bertille Toledano, Mehdi Benali, Chloé Pirajean, Aude Devaux, Audélia Hareux, Raphaëlle Brizard
Diretor de Criação: Stéphane Xiberras
Diretor de Criação: Nicholas Bakshi
Redator: Matt Jones
Diretor de Arte: Abi Stephenson
Designer: Anthony Tavares
Coordenador de Recursos Criativos : Kemi Zinsou

Produtora Criativa: Agência Magalie Dauleu

Pós Produtora: Florence Delforge

Planejadores Estratégicos: Chloé Wren & Etienne Averseng

Produtoras: VERY CONTENT / STINK

Diretor:Fredrik Bond

Produtores Executivos: Helène Ségol, Jérome Denis

Produtora: Alicia Richards

Line Produtora: Clémentine Tatin

Diretora de Fotografia: Arnaud Potier

Designer de Produção: Fritjof Granstro?m

Estilista: Zsońfia Ferencz

1º Assistente de Direção : Levente Košlcsey

Produção de serviços executivos: Produção do Lions

Casa de Pós-Produção: Upp

Pós-produção: Sandrine De Monte

Editor: Patric Ryan@Mse

Colorista: Jean-Clément Soret & Matthieu Toullet @Company3

Supervisor Musical BETC: Adam Ghoubali

Companhia de Som: GUM

Compositor Musical Principal: David Bowie

Título Musical: “Suffragette City”

Edição Musical: Tintoretto Music/BMG Rights Management (UK) Limited/EMI Music Publishing Ltd

Intro Música Clássica Compositor Musical: Wolfgang Amadeus Mozart

Foto: Unsplash

Publicidade
Publicidade