Publicidade
O investimento das marcas na Copa América 2024
08 de Julho de 2024

O investimento das marcas na Copa América 2024

Eventos esportivos ainda são o grande foco de diversas marcas. Por esta razão, a Copa América teve grandes cotas comercializadas.

Assim como o Mercado Livre, empresa que tem uma ativação diferente, muitas marcas resolveram investir na Copa América 2024, que acontece nos Estados Unidos.

Cada vez mais  os eventos esportivos são buscados como forma de atrair novos usuários. Para termos uma ideia da grandiosidade, segundo informações do Fortuna, o mercado de patrocínio no mundo esportivo deve chegar ao valor de US$89 bilhões até 2027.

Publicidade

A Copa América, que é um “esquenta” para a Copa do Mundo, além de colaborar com as audiências de emissoras latinas, é bem trabalhada por marcas em diversos meios que vão desde anúncios na TV até postagens em redes sociais.

Porém, de acordo com a publicação, apenas 19% dos profissionais de marketing que apostam neste tipo de evento, se sentem confiantes em olhar o retorno dos valores investidos. “Os patrocínios funcionam, e de maneiras diferentes. As evidências mostram que os patrocínios podem aumentar a notoriedade, promover associações de marcas e permitir um envolvimento mais profundo do consumidor, gerando efeitos em longo prazo no consumo e utilização da marca. Na verdade, os efeitos a longo prazo dos programas de patrocínio são muitas vezes maiores do que os efeitos diretos ou imediatos”, comentou Sagar Ramsinghani, Diretor de Analytics  da  Divisão de Insights da Kantar, segundo a publicação.

Fragmentação de eventos como a Copa América gera dificuldade de patrocínio das marcas

Uma das grandes dificuldades para quem patrocina um evento esportivo é estar presente 100% na competição. Sabe por quê? A maioria dos campeonatos é transmitido em diversos canais e em diferentes meios, alguns na televisão e outros em canais no YouTube, por exemplo.  Com a Copa América não foi diferente.

“No entanto, também é verdade que o alto ruído publicitário pode ‘emburrecer’ o que são comunicações temáticas e minar a marca. Não adianta uma marca se seu vídeo impacta o público, mas fica na memória como ‘um anúncio da Copa América’ em vez de ‘um anúncio de  tal marca , sobre a Copa América’. Quando isso acontece, não há retorno do investimento. É por isso que é essencial testar previamente este tipo de campanhas”, pontuou o site Fortuna.

Por isso, é importante levar alguns pontos em consideração para que a marca tenha uma campanha mais eficaz. É interessante, por exemplo, que a marca gere uma mini história para dar uma identificação emocional, podendo causar uma conexão com aquela pessoa que está vendo o anúncio.

Além disso, é importante que o patrocinador tenha a certeza de que “desempenhe um papel fundamental na história”. Por último, a ação deve ter o “tom festivo e apaixonante do evento”. Afinal, no Brasil, por exemplo, o futebol desperta esta emoção, não é mesmo?

A Copa América 2024 vai até o dia 14 de julho.

Foto: Pexels

WhatsApp
Junte-se a nós no WhatsApp para ficar por dentro das últimas novidades! Entre no grupo

Ao entrar neste grupo do WhatsApp, você concorda com os termos e política de privacidade aplicáveis.

    Newsletter


    Publicidade