Publicidade
Especialista dá 5 dicas de como alavancar as vendas com storytelling
06 de Outubro de 2022

Especialista dá 5 dicas de como alavancar as vendas com storytelling

Fundador e CMO da Web Estratégica, Rafael Rez explica como potencializar sua marca com o uso da ferramenta

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

A popularização da internet e de novas tecnologias provocou mudanças sociais, culturais e comportamentais nos consumidores. Nos dias atuais, os clientes já chegam no momento da compra bem informados sobre o que querem, e por isso as empresas precisam se preparar cada vez mais para atender esse público. A técnica que vem sendo bastante para suprir essa demanda é o storytelling.

Trazendo dicas de como utilizar a técnica, Rafael Rez, fundador e CMO da Web Estratégica, consultoria em marketing digital especializada em Marketing de Conteúdo e SEO, mostra como e onde utilizar a ferramenta de atração. “Por meio do storytelling, as empresas procuram envolver emocionalmente seus públicos-alvo, seja para gerar identificação com a marca ou para fortalecer seu posicionamento no mercado, com isso, adotar esse método potencializa sua marca”.

Publicidade

 1 – Ele motiva seu público – Com o storytelling é possível contar uma história estruturada com começo, meio e fim, com momentos que estimulem a imaginação e despertem as emoções do espectador de maneira positiva. Por exemplo, uma empresa pode apresentar uma situação que gera no consumidor uma necessidade, e ela mesma pode oferecer a solução.

  2 – Dão mais sentido aos dados – Eles são importantes para orientar as estratégias de negócios e de marketing em qualquer empresa. O que funciona melhor é uma apresentação que conecta e dá sentido à sequência de lógica aos dados.

  3 – Maior atenção dos ouvintes – A capacidade humana de concentração está sendo reduzida pelos impactos dos gadgets e das mídias digitais, tornando o storytelling uma ferramenta fundamental para que a marca consiga se comunicar com públicos-alvos, já que é capaz de envolver os espectadores em uma história ou, ao menos, ativar emoções por meio de sua estrutura de narrativa.

  4 – Atinge o emocional – Segundo Hubspot, o storytelling é capaz de ativar as 7 regiões do cérebro, enquanto dados puros ativam apenas duas.

5 – Os clientes se tornam mais fiéis – O storytelling tem o poder de humanizar a apresentação da marca, fazendo as pessoas guardarem as histórias em suas mentes. A curiosidade desperta o interesse e o público cria conexão e empatia pela marca, gerando por consequência a fidelização.

A técnica pode ser aplicada na rotina de marketing e vendas, como no marketing de conteúdo, em apresentações e nas redes sociais.

“O storytelling tem que ser genuíno, as relações comerciais passaram por muitas transformações e, se uma marca não consegue se comunicar e se relacionar de forma sincera com seu público ela sucumbe diante da concorrência, utilizar estratégias de conteúdo, pode ser  uma forte aliada nessa jornada”, finaliza o fundador.

Publicidade
Publicidade