Publicidade
Fiesc abre inscrições para missão empresarial na China
01 de Setembro de 2008

Fiesc abre inscrições para missão empresarial na China

Publicidade

01/09/08

Comitiva será de 11 a 21 de outubro

Publicidade

O Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) está com inscrições abertas, até o dia 5 de setembro, para a missão empresarial brasileira à China, de 11 a 21 de outubro. Os participantes farão visitas à 104ª Feira de Cantão, a indústrias e ao porto de Guangzhou, a principal cidade do Sul do país. Também está prevista passagem pela capital Beijing. A FIESC foi eleita pela CNI como a articuladora nacional das missões industriais brasileiras à Feira de Cantão.

Realizada em parceria com a China Trade Center, a missão permitirá aos empresários prospectar oportunidades de negócios e parcerias, fortalecer a rede de relacionamentos na China, monitorar tendências através da realização de visitas guiadas à Canton Fair, a instituições e a empresas chinesas.

Os empresários terão visita guiada à maior feira multissetorial de negócios da China, realizada numa área de 851 mil metros quadrados, na cidade de Guangzhou. Promovido duas vezes ao ano, o evento reuniu, em sua última edição, 18,7 mil expositores de 213 países. A Feira de Cantão congrega uma grande variedade de produtos, por isso a missão da FIESC contará com empresários de setores como de eletro-eletrônicos, eletrodomésticos, máquinas e equipamentos, madeira, alumínio, ferro e cerâmico, artigos de iluminação, metais e cerâmicas sanitários, ferramentas, automotivos, bicicletas, motocicletas, químicos e hardware. No complexo portuário de Guangzhou, o quinto maior do mundo em volume de cargas, com movimentação de 300 milhões de toneladas por ano, os empresários visitarão a terminal de Nansha.

Criado em 1994, o Centro Internacional de Negócios da FIESC tem larga experiência na organização de missões empresariais. Desde 2004 a entidade promove missões à China. Em outubro, a delegação brasileira contará com acompanhamento técnico de especialistas em comércio exterior, bem como de guia de viagem falando português/mandarim desde o Brasil e um tradutor português-mandarim para cada 10 participantes.

Os inscritos participarão previamente de reuniões nas quais serão apresentadas dicas de negociação com empresas chinesas, informações sobre o país, sobre a Feira de Cantão, cultura, costumes entre outras. Nestes encontros serão distribuídos materiais de apoio, de marketing e guias de viagens e informações essenciais para divulgação do grupo in loco. Todo o material estará escrito nos idiomas português, inglês e mandarim. O Centro Internacional de Negócios da FIESC também providenciará vistos de entrada na China e os ingressos para a Feira e o transporte interno.

Em julho passado, a FIESC firmou convênio de cooperação com a China Trade Center,  representante oficial da Canton Fair no Brasil, respaldada pelo Ministério das Relações Exteriores da China para atuar na aproximação de negócios e fomento de parcerias entre empresas chinesas e brasileiras. A missão empresarial da FIESC em outubro será a primeira amparada pela cooperação. Na Feira haverá um estande de apoio à delegação brasileira.

Publicidade
Publicidade