Publicidade
Algumas lições do Super Bowl que são ideais para profissionais de marketing
15 de Fevereiro de 2024

Algumas lições do Super Bowl que são ideais para profissionais de marketing

Muitas marcas apostaram todas as suas fichas no maior evento esportivo dos Estados Unidos. Por isso, mostraremos algumas lições do Super Bowl que são importantes para quem trabalha com marketing.

Publicidade

O site Martech separou uma lista com diversas lições do Super Bowl para serem aplicadas entre os profissionais de marketing. Diversos canais digitais, compra do anúncio mais caro da televisão mundial, ativações em torno do local do jogo em Las Vegas, dentre outros detalhes.

Além disso, tivemos opções de transmissão do jogo como, por exemplo, a Nickelodeon que usou toda a sua criatividade e trouxe o Bob Esponja e seus amigos para comandar a partida. As empresas aproveitaram a audiência que, segundo dados da Nielsen, chegou a mais de 123 milhões de espectadores, batendo recorde de audiência, para mostrar as suas novidades e promoções especiais. Fora as celebridades que aproveitaram o momento para fazer a divulgação de marcas pessoais.

Publicidade

Confira as lições do Super Bowl na visão do marketing

Um dos eventos mais esperados tanto para quem gosta de futebol americano como para quem trabalha com marketing, as lições do Super Bowl podem trazer insights diferenciados para outras campanhas. Por esta razão, a publicação resolveu fazer uma lista para, inclusive, ajudar no próximo ano da competição. Anote aí!

Sentimento positivo pelas marcas nas plataformas sociais

É nítido a movimentação nas redes sociais e este é um ótimo termômetro para avaliar o desempenho de campanhas. Por esta razão, uma das lições do Super Bowl é o buzz nestas plataformas. Segundo a publicação, uma ferramenta que faz a mensuração da performance nas redes sociais, concluiu que aconteceram diversas reações positivas sobre a campanha da Oreo, “Twist on it” (“Torça nisso”, na tradução literal). O show do Usher, por exemplo, rendeu 65% das reações, porém, 10 pontos a menos que o desempenho da Rihanna, em 2023.

As campanhas que tiveram reação positiva nas redes sociais: Oreo, Disney+, NYX Cosmetics, CeraVe, Mountain Dew, Verizon, Google Pixel, BMW e Squarespace.

Duplicação das menções nas redes sociais

Mais uma das lições do Super Bowl é o aumento do marketing nas mídias sociais, que teve uma elevação significativa em apenas um ano. Foi mais que o dobro quando comparamos com os números de 2023, por exemplo, de acordo com a Sprinklr. Em 2023, na semana que antecedia o jogo, já foi observado um comportamento maior nas menções.

Abaixo podemos ver as menções mais utilizadas no período de 1º de janeiro a 13 de fevereiro de 2024, segundo a Sprinklr.

Algumas lições do Super Bowl que são ideais para profissionais de marketing

“Nas últimas 24 horas, vimos anunciantes maximizando o impacto de suas campanhas publicitárias durante o evento por meio de canais sociais – muitos criaram uma série de ativos adicionais como parte de suas campanhas, transformando-as e otimizando-as para trabalhar duro em todos os aspectos relevantes nas plataformas”, revelou Steve Vinall, diretor global de marca e comunicações da plataforma de gerenciamento de ativos digitais Bynder, ao site MarTech, que elaborou as lições do Super Bowl. “No caso da Verizon, a página do Instagram de Beyoncé foi o veículo escolhido para revelar um álbum country e duas músicas já disponíveis. Tornando-se viral quase instantaneamente, isso garantiu que qualquer pessoa que não tivesse assistido ao jogo também soubesse do anúncio”, concluiu.

Foto: Unsplash

Publicidade
Publicidade