Publicidade
Sustentabilidade | Zurich Airport Brasil, Azul, Gol e LATAM assinam acordo para uso de energia renovável nos aviões em solo
04 de Outubro de 2023

Sustentabilidade | Zurich Airport Brasil, Azul, Gol e LATAM assinam acordo para uso de energia renovável nos aviões em solo

Programa irá reduzir a emissão de cerca de 2.500 toneladas de CO2 por ano nos Aeroportos de Florianópolis e Vitória

Atenta a necessidade de implantar ações que contribuam para a preservação do meio ambiente, a Zurich Airport Brasil passa a oferecer nos Aeroportos de Florianópolis e Vitória, energia renovável para aeronaves em solo.

Entre setembro e início de outubro, Azul, Gol e Latam firmaram contrato com a administradora aeroportuária para usar o serviço. O grupo suíço investiu R$ 17 milhões em equipamentos e sistemas para o programa.

Publicidade

Os equipamentos garantem que a parte elétrica e o ar-condicionado das aeronaves em solo funcionem apenas com a energia renovável gerada pelo aeroporto, adquirida no Mercado Livre de Energia e certificada com o I-REC (Certificado Internacional de Energia Renovável). A solução fornece os 400Hz de energia elétrica necessários e ainda o ar pré-condicionado (PCA) para os aviões. Atualmente, é necessário usar geradores externos a diesel (GPU) ou acionar a turbina a querosene do próprio avião (APU), para manter o funcionamento. Ao eliminar o uso das GPUs e APUs, estima-se reduzir a emissão de cerca de 1.300 toneladas de CO2 por ano no terminal de Florianópolis e 1.200 toneladas anuais, no Aeroporto de Vitória.

Os sistemas estão sendo instalados nas dez pontes de embarque e desembarque do terminal de Florianópolis, e nas seis pontes do Aeroporto de Vitória e passarão a ser utilizados em dezembro.

Indústria mais sustentável

Ricardo Gesse, CEO da Zurich Airport Brasil destaca que, “Este projeto reforça nosso compromisso genuíno com o meio ambiente. É um importante investimento da Zurich Airport Brasil para tornar a nossa indústria mais sustentável. A adesão das companhias aéreas mostra que estamos no caminho certo para alcançar patamares cada vez mais relevantes no compromisso com a agenda climática”.

Eduardo Calderon, diretor do Centro de Controle de Operações (CCO) e Engenharia da GOL diz que, “Todos os esforços conjuntos para a mitigação dos impactos do setor no meio ambiente são muito bem-vindos. A GOL, há mais de 12 anos, tem agido de forma contínua para neutralizar a emissão de Gases de Efeito Estufa (GEEs), incluindo a renovação de sua frota por um modelo de aeronave mais sustentável, as melhorias operacionais e medidas de mercado, como a compensação individual de CO2 pelos clientes e suas rotas 100% carbono neutro: Recife-Fernando de Noronha, temporariamente suspensa em razão de obras na pista, e Congonhas-Bonito. A iniciativa do uso de energia renovável para aeronaves em solo segue uma tendência mundial e, no Brasil, esperamos que em breve outros aeroportos façam investimentos semelhantes”.

Lígia Sato, gerente de Sustentabilidade da LATAM Brasil, reconhece a necessidade de sinergia entre as empresas para a promoção de uma aviação mais sustentável. “Precisamos do envolvimento do setor como um todo para o desenvolvimento de iniciativas que contribuam com a descarbonização da aviação de ponta a ponta. Os esforços de parceiros como a Zurich Airport Brasil, com a utilização de energia renovável para nossas operações em solo, são muito bem-vindos e dão ainda mais impulso para alcançarmos nossas metas sustentáveis”.

Para Diogo Youssef, gerente de Engenharia de Operações de Voo e Eficiência de Combustíveis da Azul, essa iniciativa colabora ainda mais com a parceria que já existe da companhia com essas duas bases para reduzir ao máximo o consumo de querosene em solo. “Já adotamos o programa APU Zero nesses dois aeroportos e poder contar com a solução de energia renovável da Zurich Airport Brasil nesse momento de embarque/desembarque dos clientes irá ampliar nossa atuação e melhorar os nossos resultados. Vamos, todos juntos, colaborar para baixar ainda mais o consumo de combustível pelas aeronaves em solo para além dos 73% que já conseguimos apenas com o desligamento do APU em 18 bases pelo país”, explica.

Sustentabilidade, um valor Zurich Airport Brasil

A Área de Sustentabilidade da Zurich Airport Brasil atua com foco em quatro temas centrais: gestão de energia, hídrica, de resíduos e da qualidade do ar.

Os aeroportos administrados pela concessionária – Florianópolis, Vitória e Macaé – são certificados pela ACA (Airport Carbon Accreditation), pelo trabalho no mapeamento das emissões de carbono. Além disso, os três aeroportos usam drones para inspeção na pista e software próprio e certificado para mapeamento da pegada de carbono. 100% da energia utilizada nos três aeroportos vem de fonte limpa e certificada.

Recentemente o Aeroporto Internacional de Florianópolis conquistou o primeiro lugar no Prêmio Aeroportos Sustentáveis, um reconhecimento feito pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), que avalia e classifica os aeroportos por suas iniciativas proativas ligadas à sustentabilidade na aviação. O terminal de Florianópolis foi o mais bem avaliado na categoria até 5 milhões de passageiros. Já o Aeroporto de Macaé, também administrado pela Zurich Airport Brasil, ficou com o primeiro lugar na categoria até 200 mil passageiros.

Foto:Ricardo Wolffenbuttel

WhatsApp
Junte-se a nós no WhatsApp para ficar por dentro das últimas novidades! Entre no grupo

Ao entrar neste grupo do WhatsApp, você concorda com os termos e política de privacidade aplicáveis.

    Newsletter