Publicidade
7° Congresso Catarinense de Cidades Digitais e Inteligentes ocorre em Camboriú
16 de Abril de 2024

7° Congresso Catarinense de Cidades Digitais e Inteligentes ocorre em Camboriú

A escolha pela cidade se deu pelas políticas públicas de inovação adotadas e representatividade do município

Publicidade

O município de Camboriú/SC foi escolhido para sediar o 7° Congresso Catarinense de Cidades Digitais e Inteligentes.

O evento está marcado para ocorrer entre os dias 28 e 29/11, por meio de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Camboriú e a Rede Cidade Digital (RCD). As inscrições já estão abertas e são gratuitas para servidores públicos, universidades e entidades.

Publicidade

Segundo o diretor da RCD, José Marinho, a escolha de Camboriú se deu pelas políticas públicas de inovação adotadas e representatividade do município, localizado na Foz do Rio Itajaí, região reconhecida por seu destaque no turismo e que possui um dos maiores complexos portuários do país. Camboriú é a terceira do Estado com maior saldo positivo de empregos em 2023. Além disso, entre os municípios que integram a Associação de Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí (Amfri), é a terceira mais rápida na abertura de empresas, ficando atrás de Bombinhas e Navegantes.

“Somos a 14ª cidade do Estado em população e uma das cidades que mais cresce em população e em oportunidade. As pessoas acreditam e investem bastante na nossa cidade, principalmente na área da construção civil temos grandes empreendimentos”, afirma Ângelo Gervásio, secretário de Desenvolvimento Econômico de Camboriú.

Transformação digital

Gervásio destaca que o foco é preparar “mentes-de-obra”, principalmente na área de Tecnologia da Informação, para o surgimento de novos negócios que aumentem a renda da população local. Atualmente, segundo ele, cerca de 30 a 40 mil moradores saem todos os dias da cidade para trabalhar nas cidades vizinhas de Balneário Camboriú, Itajaí e Itapema, especialmente no setor de serviços. “A desigualdade de salários na nossa região é muito grande. Temos projeto para formar mentes de trabalho e não só mão-de-obra de trabalho”, argumenta.

Com uma porcentagem muito grande de área rural e umas das metas também, acrescenta o secretário, é tornar o espaço uma matriz de energia renovável. Camboriú também investe na transformação digital. “Também temos o hectar rural mais caro do Brasil, ou seja, a área rural com imóveis mais caros de todo Brasil e o interior com a melhor rede de internet via fibra ótica do estado”, frisa.

Prefeito Inovador 2022

Em 2022, durante o 5º Congresso Catarinense de Cidades Digitais e Inteligentes, o prefeito de Camboriú, Elcio Rogério Kuhnen, recebeu o título “Prefeito Inovador 2022”, pelo mapeamento digital feito nas vias do município com um veículo.
Somente com a implantação de uma telefonia digital, de acordo com o secretário, são economizados meio milhão ao ano.

“Nós temos uma rede de internet pública com a maior conectividade nas áreas rurais do Brasil. Temos as chamadas “Praças Digitais”, com disponibilização de internet gratuita. Também temos espalhados pela cidade os totens, que informam não apenas a temperatura e hora, mas também todas as ações e políticas públicas do município. Há pouco tempo centralizamos nosso serviço de telefonia, o que gerou uma economia de meio milhão por mês”, destaca.

O Congresso de Cidades Digitais e Inteligentes aborda modelos implantados pelas Prefeituras, soluções de mercado disponíveis e políticas públicas que têm como foco o fomento à inovação e desenvolvimento socioeconômico por meio transformação digital das cidades. “Vamos reunir prefeitos e gestores públicos de diversas áreas, que estão interessados em discutir as inovações que estão transformando os serviços públicos através da adoção de tecnologias criativas, que auxiliam na resolução de diversos problemas e melhoram a qualidade de vida da população”, ressalta o diretor da RCD, José Marinho.

 

Foto do topo:Freepik

Publicidade
Publicidade