Publicidade
E-book sobre fusões e aquisições para startups é lançado pela Acate
27 de Julho de 2022

E-book sobre fusões e aquisições para startups é lançado pela Acate

O material foi produzido em parceria com Questum, Mosimann-Horn e Invisto

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

No Brasil, fusões e aquisições bateram um recorde em 2021, somando 1.963 negociações – 59% a mais do que em 2019, segundo pesquisa realizada pela KPMG com empresas de 43 setores.

Diante de um interesse crescente de empreendedores em realizar essas operações, a Associação Catarinense de Tecnologia irá lançar um e-book sobre M&A para startups durante o evento Startup Summit, nos dias 04 e 05 de agosto.

Publicidade

O objetivo é ajudar as startups a entenderem o processo e a se prepararem, inclusive quanto às exigências jurídicas. O material foi produzido em parceria com Questum, Mosimann-Horn e Invisto.

“Buscando atender às demandas do setor de tecnologia catarinense, nos reunimos com parceiros estratégicos para entregar um conteúdo valioso às startups e empresas que se interessam por M&A. É fundamental ter acesso às informações de confiança sobre as etapas e os cuidados para ter sucesso com a estratégia”, compartilha Iomani Engelmann, presidente da ACATE.

Dicas de como se preparar

Etapas de M&A, dicas de como se preparar e um dicionário de termos comuns nas negociações são conteúdos abordados no e-book. Além disso, são apresentados cases de duas empresas que tiveram sucesso com a estratégia: a logtech Equilibrium, que foi vendida para o Grupo Boticário, e a Knewin, maior PR tech da América Latina, que já realizou treze aquisições.

Vender a empresa ou juntar-se a outra é uma alternativa de saída para os sócios, entre outras, como abrir capital na bolsa de valores, por meio de IPO. “É fundamental que os empreendedores compreendam M&A como uma possibilidade, e desenvolvam uma estratégia de saída, preparando sua startup para o momento do exit”, afirma Rafael Assunção, fundador e Managing Partner da Questum, assessoria especializada em M&A para startups.

Ivan Remor, sócio do Mosimann-Horn, escritório de advocacia que tem uma frente voltada a empresas de tecnologia, a Optima MH, também defende essa preparação. “É importante que a empresa comece a pensar nisso com antecedência e se prepare para o M&A muito antes de receber uma oferta de compra. Quem fizer isso estará vários passos à frente”, complementa.

Os investidores também precisam dominar os mecanismos para viabilizar fusões e aquisições. Esses processos muitas vezes fazem parte da estratégia da startup para escalar o negócio, além de viabilizar a saída do investidor do negócio. “Faz parte do papel do investidor apoiar a startup nos processos de M&A, seja para estratégia de crescimento ou venda da companhia. Uma gestora de Venture Capital realiza esse tipo de atividade várias vezes ao ano em seu portfólio e possui muita experiência para compartilhar”, conta Gabriel Ferreira Duarte, Analista de investimentos da Invisto, o maior círculo de investimentos em venture capital do sul do Brasil.

Para o lançamento, a ACATE irá realizar um talk e disponibilizar o acesso ao material via QRCode. Interessados na iniciativa podem se dirigir ao stand da entidade no Startup Summit, que acontecerá no CentroSul, em Florianópolis. O evento reunirá mais de 5,5 mil pessoas, entre elas empreendedores, investidores e gestores de grandes empresas, e agentes da inovação no país. O stand da ACATE terá mais de 20 conteúdos, diversas ações interativas e é patrocinado por Bitz, inovabra, Sicredi, Microsoft, Clamed e Teltec Solutions.

Foto:Freepik

Publicidade
Publicidade