Estudo da Toluna mostra que TV é o meio mais buscado para informações sobre a vacinação da Covid-19

29 de Janeiro de 2021

Pesquisa ouviu 850 pessoas

De acordo com um estudo realizado pela Toluna, a maior parte das pessoas (68%) procura se informar a respeito dos assuntos relacionais à vacinação pela TV.

Os jornais aparecem na sequência, 60% dos respondentes procuram informação sobre a vacina por eles. Já as redes sociais aparecem em terceiro lugar (49% das citações), seguida pela rádio, com 22%.

Segundo o portal Meio & Mensagem, a pesquisa foi realizada no dia 22 de janeiro e ouviu 850 pessoas, sendo 46% homens e 54% mulheres, das classes A, B e C, e mostrou que, mesmo com as desinformações e desconfiança que ainda pairam a respeito da vacinação, a maioria dos brasileiros (72%) declarou que pretende tomar a vacina contra a Covid-19 assim que chegar a sua vez, de acordo com a ordem de grupos prioritários estabelecida. Já 9% dos entrevistados disseram que preferem esperar até que boa parte da população esteja imunizada para se vacinar. Outros 9% pontuaram que comprariam a vacina na rede privado, caso estivesse disponível e 3% responderam que não confiam na vacinação e, por isso, não tomariam.

Entre os tipos de vacinas já disponíveis, a maioria dos entrevistados (43%) declarou não ter preferência por nenhum laboratório e que tomaria qualquer uma que estivesse aprovada pelas autoridades de saúde. 

Mesmo depois da vacina, as pessoas parecem dispostas a manterem os cuidados adotados no período de distanciamento social. Para 44%, mesmo tomando a segunda dose da vacina, ainda não será confiável frequentar festas. E, para 56%, será importante manter o uso de álcool em gel e máscaras mesmo depois da vacinação.

 

Imagem: reprodução/web

Notícias Relacionadas