Publicidade
Pra não falar de flores
31 de Janeiro de 2024

Pra não falar de flores

Às vezes me pergunto: Será que precisamos mesmo de Políticos ou de Governos, como os que temos no Brasil ?

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook
Por Coluna Economia 31 de Janeiro de 2024 | Atualizado 31 de Janeiro de 2024

 

Publicidade

22 de Dezembro de 2023 : Aprovado no Congresso o Orçamento para 2024 com a absurda verba de R$ 4.9 Bilhões para serem queimados nas Campanhas Eleitorais para Prefeitos e Vereadores

23 de Janeiro de 2024: O Presidente Lula, que tem poder de veto, veta a bagatela 10% do Orçamento mas mantém a vergonhosa verba de R$ 4.9 Bilhões para as Campanhas Eleitorais

Mais uma prova de que realmente somos um país de 3° Mundo. Somos pobres em produção de riqueza e pobres de espírito. Como disse Charles De Gaulle, ou o Consul brasileiro da França na época, “ Esse não é um país sério “

Por 9 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal (STF) validou o fundo eleitoral de R$ 4,9 bilhões ao julgar uma ação do partido Novo que contestava a absurda quantia.

Importante: Um levantamento encomendado pelo Instituto Millenium aos Institutos Locomotiva e Ideia revelou que, para 85,6% dos brasileiros, o valor é “muito maior do que deveria ser”.

Lembram porque foi criado esse obsceno Fundo Eleitoral?
Ele foi criado em 2017, dois anos após o Supremo Tribunal Federal (STF) considerar as doações de empresas para campanhas, inconstitucionais.
“Como forma de compensar a perda de recurso [que vinha pelo financiamento privado], o Congresso Nacional aprovou a criação do fundo eleitoral”, explica Rodolfo Tamanaha, professor de Direito da Faculdade Presbiteriana Mackenzie Brasília e sócio do Madrona Advogados.

Todos hão de se perguntar: o que se poderia fazer com R$ 4.9 Bilhões em Educação e Saúde nesse nosso pobre país?
Será que a nossa responsável imprensa não se revolta contra esse absurdo porque também será beneficiada com essa verba?

Como explicar aos milhares que compõem as filas do INSS aguardando exames e consultas a falta de dinheiro para investir em novos centros de saúde ou hospitais?

E pra encerrar esse triste comentário, trago ainda o exemplo da ação realizada por cidadãos responsáveis da comunidade de Nova Roma do Sul no RS, que, ao terem uma ponte levada pelas últimas enchentes, e tendo recebido a promessa do Governo do RS de uma nova ponte até 2026, ao custo de R$ 26 Milhões, resolveram angariar fundos na comunidade empresarial do município, além da vaquinha online dos moradores, e com R$ 6 Milhões, construíram uma nova ponte em 4 meses e meio.

É ou não é de se perguntar: Precisamos mesmo desse tipo de Governo?


Hermes Ghidini – Conselheiro de Empresas

HL Ghidini Consultoria e Conselho de Gestão
Unidade Florianópolis – 48-98812-3373
Unidade Porto Alegre – 51-98424-9709
E-mail : [email protected]

Publicidade
Publicidade