Coluna Guilherme da Luz | 3 lições de UX que aprendi ao desenvolver campanhas de conteúdo do SeguroAuto
24 de Fevereiro de 2022

Coluna Guilherme da Luz | 3 lições de UX que aprendi ao desenvolver campanhas de conteúdo do SeguroAuto

Em um mercado cada vez mais competitivo, procuramos cada vez novas formas de destacar nossa empresa na internet. O UX pode ser uma das melhores práticas para potencializar as campanhas de marketing de conteúdo. Entenda!

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook
Por Guilherme da Luz 24 de Fevereiro de 2022 | Atualizado 24 de Fevereiro de 2022

O presente é digital. Isso não é nenhuma novidade, principalmente para os empreendedores. Hoje, é essencial que qualquer empresa tenha presença digital.

Mesmo que a instituição não tenha sua operação 100% digital, é importante que a marca esteja nos meios digitais. Enquanto algumas empresas acreditam que o meio digital piorou a concorrência, outros empreendedores só conseguem lucro por meio da internet.

Publicidade

A internet permitiu que pequenos empreendedores colocassem seu negócio para funcionar com investimento mínimo, além de permitir que outras empresas expandissem seu alcance.

Mas, nesse mar de marcas e empresas funcionando na internet, uma coisa é certa: é preciso ser diferente para se destacar. E um dos segredos para se destacar pode estar no UX. Entenda!

O que é UX?

Um dos termos mais mencionados dos últimos tempos na área de marketing, o UX, é a sigla de “user experience”, ou experiência do usuário. É uma abordagem multidisciplinar que procura identificar o que o usuário sente ao utilizar um sistema, produto ou serviço.

E por que isto é relevante? Porque a emoção leva à ação. Se o usuário tiver uma reação ruim, irá parar de consumir. Se tiver uma experiência agradável, não só será um cliente fiel como irá indicar para outras pessoas.

No caso do meio digital, o UX pode também determinar como os usuários se sentem ao acessar o site ou loja virtual da empresa, fator que pode ser determinante no sucesso das vendas.

Ou seja, se o site da empresa demora a carregar, se a loja virtual não tem usabilidade intuitiva, é bem provável que os clientes desistam da compra, mesmo tendo gostado do produto oferecido.

Na internet, o UX é um aliado para garantir a satisfação do usuário com as funções, recursos ou conteúdo dos sites.

UX e o marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é uma das práticas mais usadas pelas empresas na internet, principalmente com foco em aumentar as vendas. Atualmente, o público não quer apenas “propaganda” na internet, mas sim conexão com as marcas.

E mesmo o marketing de conteúdo vem sofrendo mudanças. Hoje, não é suficiente só compartilhar conteúdo periodicamente, e sim publicar conteúdo de qualidade, relevante ao público-alvo da marca.

Mas não é só o conteúdo que o público irá prestar atenção e sim o design geral do site, sua usabilidade, legibilidade do conteúdo e facilidade de encontrar informações.

É nesse momento que podemos unir o marketing de conteúdo ao UX, garantindo conteúdo de qualidade, em uma plataforma agradável, que melhore ainda mais a experiência do usuário.

Por exemplo, o trabalho que realizei com a minha equipe no site SeguroAuto.org, um site que oferece seguros de veículos de forma online. Como estratégia, fomos além de oferecer uma ferramenta prática para realizar a cotação do seguro, mas oferecemos conteúdos relevantes.

Ou seja, que ajudam o usuário a tirar dúvidas antes de decidir qual tipo de seguro será melhor para atender às suas necessidades, além de outras dicas e informações.

Os conteúdos trazem, ao final, um CTA para a captação de leads qualificados no segmento automotivo, e para isso usuário tem o acesso fácil para a ferramenta de cotação do seguro, além de contar com um campo de comentários, onde várias dúvidas são sanadas pela equipe do SeguroAuto.

 

Imagem Pixabay

Lições de UX para as campanhas de marketing de conteúdo

Entendendo o quão importante é esta relação, é possível utilizar de algumas lições do UX para potencializar as campanhas de marketing de conteúdo em sua empresa. Confira estas dicas que selecionei:

 

1. Primeiro trabalhe na estrutura do site, depois em seu conteúdo

Não adianta oferecer o melhor conteúdo do mundo, se o site não tem boa usabilidade, não oferece boa legibilidade ou não é responsivo, dando suporte para todos os dispositivos.

Faça testes de carregamento de seu site para verificar se está muito lento e verifique a navegação da página se está fácil e intuitiva. Além disso, atente-se às fontes e cores de seu texto, se oferecem legibilidade.

Inclua também compartilhamento fácil de seu conteúdo em redes sociais para que os usuários possam enviar para os amigos em apenas um clique. Essa ação facilita com que mais visitantes cheguem ao seu site de forma orgânica.

Após acertar todos estes detalhes, comece a investir em conteúdo de qualidade para o site da sua empresa.

 

2. Não existe boa experiência de usuário sem bom conteúdo

Da mesma forma que um site ruim pode trazer uma experiência ruim para o usuário, mesmo com conteúdo de qualidade, o inverso também existe. Não tem como oferecer uma boa experiência aos usuários com conteúdo ruim.

Portanto, foque em conteúdo relevante, com recursos de imagem que complementam o assunto. Use infográficos, imagens, vídeos e outros.

No caso dos vídeos, se a sua marca possui um canal no YouTube, adicioná-los aos conteúdos vai ajudar a aumentar os acessos. Isso refletirá diretamente no seu lucro com o canal.

 

3. As pessoas irão lembrar de como você fez elas se sentirem, não de seu produto

Pense no presente mais inesquecível de sua vida. Raramente iremos lembrar do presente em si, mas da forma como nos sentimos ao receber.

Isso acontece da mesma forma com as pessoas ao ter uma experiência com sua empresa, seja ela boa ou ruim. Então, foque em gerar uma boa experiência para o usuário, além de oferecer um produto de qualidade.

Então, gostou de saber mais sobre UX aplicado ao marketing de conteúdo? Aplique em suas estratégias e veja a diferença!

Publicidade
Publicidade