Publicidade
Coluna Entretenimento | Curadoria de formações e eventos gratuitos. E as representantes de SC em Macapá
05 de Julho de 2022

Coluna Entretenimento | Curadoria de formações e eventos gratuitos. E as representantes de SC em Macapá

Ações arte-educativas para interpretar exposições, formação para agentes culturais, profissionais de museus e oportunidades no audiovisual, as dicas da coluna de hoje estão ecléticas

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook
Por Entretenimento 05 de Julho de 2022 | Atualizado 05 de Julho de 2022

Você sabia que existem diversos cursos e formações gratuitas na área da cultura e do entretenimento, aqui em Santa Catarina? Pois na coluna de hoje, a curadoria foi voltada para algumas destas formações – e até conquistas – que fazem o estado fomentar a formação de produtores culturais e do público que consome música, espetáculos cênicos, exposições, cinema, entre tantas outras expressões artísticas.

Algumas destas atividades são:

Publicidade

Oficina para se inscrever em editais
Essa é para quem quer tirar do papel projetos da área cultural: a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) está com inscrições abertas para o Programa de Capacitação em Elaboração de Projetos para Editais de Cultura. Ao todo, 13 cidades catarinenses receberão as oficinas presenciais.

A ideia é que gestores municipais de cultura, agentes, trabalhadores da cultura e possíveis multiplicadores locais saibam desenvolver, de forma estratégica, os projetos, para que as propostas estejam cada vez mais qualificadas. Aumentando, assim, a oferta de produtos culturais para todas as regiões de Santa Catarina e fomentando a cadeia produtiva da cultura, bem como o desenvolvimento social e econômico do estado.

As oficinas começam hoje (5) e as inscrições podem ser feitas pelo formulário. O cronograma completo das oficinas está aqui.

Oportunidade e formação no audiovisual
Ainda falando sobre a FCC, na semana passada, a Fundação, dessa vez em parceria com a Associação Cultural Cinemateca Catarinense, lançou o programa Qualifica SC Cine que oferece cursos gratuitos de capacitação e especialização em diversas áreas do setor audiovisual para todas as regiões de Santa Catarina, bem como 33 vagas de trabalho. A iniciativa é fruto do convênio entre as instituições no valor de R$395 mil.

Será realizado um diagnóstico de demandas do setor e os cursos serão oferecidos de forma remota com encontros presenciais com 20 horas de duração. Profissionais de reconhecida experiência vão ministrar os cursos e atender um total de 499 participantes.

Hoje (5), inclusive, terá uma live no perfil @cinemateca.catarinense, às 17h, em que a presidente da Cinemateca, Marilha Naccari, e a advogada Nanashara Piazentin, vão tirar as dúvidas sobre projetos, contratações e cursos oferecidos. As dúvidas podem ser enviadas por mensagem, na plataforma, ou pelo e-mail cinemateca.catarinense@gmail.com.

 

Capacitação museológica
E vamos com mais uma parceria. Dessa vez da FCC com o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) que, por meio do Sistema Estadual de Museus de Santa Catarina (SEM/SC), vinculado à Diretoria de Patrimônio Cultural, volta a oferecer oficinas do Programa de Capacitação Museológica em 2022.

Com o tema “Plano Museológico: planejamento estratégico para os museus”, as inscrições são limitadas, restritas a profissionais da área e podem ser feitas neste formulário. Dúvidas e mais informações podem ser tiradas pelo e-mail: programadecapacitacaooficinas@gmail.com.

 

Ações arte-educativas
Ir a uma exposição artística propõe uma experiência diferente da que estamos acostumados no dia a dia. Afinal, a ideia é captar uma mensagem que o artista expositor quer passar com aquelas obras. O arte-educador Denilson Antonio vai além. Ele sugere olharmos as obras a partir de outro ponto de vista e, assim, apresentar e potencializar os processos criativos de cada artista.

Essa é a proposta das ações educativas gratuitas realizadas na Fundação Cultural BADESC, por Antonio. Na exposição atual, “Prólogo Sobre Experiência Coletiva”, de Giba Duarte, a ideia é fazer uma imersão no processo criativo do artista e possibilitar um mergulho no universo criado por ele. “Os visitantes têm a chance de vestir as criações do artista e ainda participar de uma oficina de desenho coletivo”, explica.

As ações são pensadas para crianças e adultos. Apenas nos primeiros seis meses de 2022, 300 pessoas já participaram das atividades. Para participar, é necessário agendar pelo e-mail fundacaoculturalbadesc@gmail.com. As visitas acontecem de segunda a sexta, das 13h às 19h.

 

Crédito: Divulgação Glauco do Brasil

Documentários no Museu
O Museu Victor Meirelles promove mostra gratuita dos documentários “Glauco do Brasil” e “Grupo de Bagé”, com calendário de exibição semanal e opção de agendamento através do e-mail mvm@museus.gov.br. Do diretor Zeca Brito, cineasta e mestre em Artes Visuais, os premiados filmes retratam a vida e obra de Glauco Rodrigues (Bagé-RS, 1929-2004), exímio retratista bastante conhecido pela sua influência pela Pop Art, pelo modernismo e pelo Tropicalismo.

A programação completa está no site do museu.

 

 

Crédito: Divulgação FCC

Yoga no Palácio Cruz e Souza
Todos os sábados, das 10h às 11h15, acontecem aulas gratuitas de Hatha Vinyasa Yoga – abertas a todos – no jardim Palácio Cruz e Sousa. Para participar, é necessário levar o próprio tapete para a prática.
Este projeto conta com o apoio do Consulado Geral da Índia no Brasil e Centro Cultural da Índia no Brasil. Mais informações: (48) 9 9120-4488.

 

* Em caso de mau tempo, a aula será dentro do auditório do Museu.

 

 

 

 

Ó que bacana:

Três profissionais da gastronomia de Santa Catarina ganharam o Festival Enchefs e vão representar o estado no Prêmio Dólmã, o Oscar do setor no Brasil, que será em agosto, em Macapá (AP).

Crédito: Vanessa Alves

 

 

Maria do Nascimento Garcia – Primeiro lugar Cozinha profissional
Buscou em suas raízes, no Acre, para criar o prato “Acalento”, que traz sabores, molho e um caldo que te abraçam, segundo a chef. Ingredientes característicos de Santa Catarina estão no prato: carne suína, aipim, porcini (cogumelo que cresce em abundância na Serra Catarinense) e ostra.

 

 

 

 

Crédito: Vanessa Alves

 

 

Camila Figueredo – Segundo lugar Cozinha profissional
Apresentou um pirão, prato típico e bastante afetivo no estado, que ela fez com camarão rosa, erva baleeira, farofa com pão de fermentação natural, granulado de linguiça Blumenau e de ova de tainha. Uma mistura de terra e mar tipicamente catarinense.

 

 

 

 

 

Crédito: Vanessa Alves

 

 

Carolina Feijó Schmidt – Primeiro lugar Coquetelaria
O drink que ela apresentou sugeria que os degustadores sentissem todas as culturas gastronômicas de Santa Catarina em um só gole. Vodka envelhecida, licor de maçã, xarope de maracujá e vermouth de pinhão garantiram essa experiência.

Publicidade
Publicidade