Publicidade
Coluna Cinema | Filmes estrangeiros de sucesso
28 de Janeiro de 2022

Coluna Cinema | Filmes estrangeiros de sucesso

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook
Por Coluna Cinema 28 de Janeiro de 2022 | Atualizado 28 de Janeiro de 2022

Todos sabem que em Hollywood são produzidos os melhores filmes! Espera um pouco, fora de Los Angeles muitas produções extraordinárias ganharam fãs e prêmios e foram consagradas nos cinemas mundo afora. Talvez as produções sejam feitas com uma verba consideravelmente menor e as campanhas de marketing para o filme não sejam tão esplendorosas, mas os espectadores sabem reconhecer um bom roteiro, e quando uma história é bem contada, o filme chega ao Oscar ou Globo de Ouro e ganha os corações do público.

Confira filmes estrangeiros que foram destaque:

Publicidade

Cinema Paradiso: Nos anos que antecederam a chegada da televisão em uma pequena cidade da Sicília, o garoto Toto (Salvatore Cascio) ficou hipnotizado pelo cinema local e iniciou uma amizade com Alfredo (Philippe Noiret), projecionista que se irritava com certa facilidade, mas tinha um enorme coração. Todos estes acontecimentos chegam em forma de lembrança quando Toto (Jacques Perrin), agora um um cineasta de sucesso, recebe a notícia de que Alfredo faleceu. Ano 1988.

 

Cidade de Deus: Buscapé (Alexandre Rodrigues) é um jovem pobre, negro e muito sensível, que cresce em um universo de muita violência. Buscapé vive na Cidade de Deus, favela carioca conhecida por ser um dos locais mais violentos da cidade. Amedrontado com a possibilidade de se tornar um bandido, Buscapé acaba sendo salvo de seu destino por causa de seu talento como fotógrafo, o qual permite que siga carreira na profissão. É através de seu olhar atrás da câmera que Buscapé analisa o dia-a-dia da favela onde vive, onde a violência aparenta ser infinita. Ano 2002.

 

O Tigre e o Dragão: A história de duas mulheres, ambas exímias lutadoras, cujos destinos se tocam em meio Dinastia Ching. Uma tenta se ver livre do constrangimento imposto pela sociedade local, mesmo que isso a obrigue a deixar uma vida aristocrática por outra de crimes e paixão. A outra, em sua cruzada de honra e justiça, apenas descobre as consequências do amor tarde demais. Os destinos de ambas as conduzirão uma violenta e surpreendente jornada, que irá forçá-las a fazer uma escolha que poderá mudar suas vidas. Ano 2000.

 

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain: Amélie (Audrey Tautou) é uma jovem do interior que se muda para Paris e logo começa a trabalhar em um café. Num belo dia, ela encontra uma caixinha dentro de seu apartamento e decide procurar o dono. A partir daí, sua perspectiva de vida muda radicalmente. Ano 2001.

 

A Vida é Bela: Durante a Segunda Guerra Mundial na Itália, o judeu Guido (Roberto Benigni) e seu filho Giosué são levados para um campo de concentração nazista. Afastado da mulher, ele tem que usar sua imaginação para fazer o menino acreditar que estão participando de uma grande brincadeira, com o intuito de protegê-lo do terror e da violência que os cercam. Ano 1999.

 

Quem Quer Ser Um Milionário: Jamal K. Malik (Dev Patel) é um jovem que trabalha servindo chá em uma empresa de telemarketing. Sua infância foi difícil, tendo que fugir da miséria e violência para conseguir chegar ao emprego atual. Um dia ele se inscreve no popular programa de TV “Quem Quer Ser um Milionário?”. Inicialmente desacreditado, ele encontra em fatos de sua vida as respostas das perguntas feitas. Ano 2009.

 

Gostou dos filmes? Qual seu estrangeiro favorito?

Envie a sua sugestão de pauta pro nosso e-mail cinema@acontecendoaqui.com.br ou comente nas minhas redes sociais @jessielodi.

Você pode me acompanhar também no PODCAST CINE GIRLS do Spotify, onde falamos de filmes favoritos de 2021, só clicar neste link.

Até a semana que vem!

Publicidade
Publicidade