Publicidade
Coluna Entretenimento: Agenda eclética em Santa Catarina | Entrevista do Dire Straits Legacy
26 de Maio de 2022

Coluna Entretenimento: Agenda eclética em Santa Catarina | Entrevista do Dire Straits Legacy

Confira a entrevista que a banda concedeu - por e-mail - para a coluna, que também conversou com Doreni Caramori Junior, sobre trazer shows de grande porte para o estado. Além disso, Zizi Possi em Joinville, teatro para bebês em Itajaí e uma agenda diversificada!

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook
Por Entretenimento 26 de Maio de 2022 | Atualizado 09 de Junho de 2022

Crédito: Caio Graça


Dire Straits Legacy em Santa Catarina

“Once upon a time in the west” foi a música de abertura do show de Dire Straits Legacy no último sábado (21), após Alan Clark, Andy Treacy, Jack Sonni, Marco Caviglia, Mel Collins, Phil Palmer, Trevor Horn e Primiano Dibiase subirem ao palco aplaudindo o público presente no Stage Music Park. Afinal, estes oito músicos têm a missão de dar continuidade aos sucessos consagrados da Dire Straits que comemora 45 anos de existência e, não fosse o público, eles não estariam ali.

A banda, que se apresentou no Music Park BC, na noite anterior, concedeu entrevista à coluna e relembrou que teve uma ótima experiência em Florianópolis no passado. Phil Palmer, um dos principais guitarristas do mundo, disse que, na época, puderam aproveitar as praias e a hospitalidade dos moradores; enquanto isso, Alan Clark, primeiro e principal tecladista do Dire Straits, contou que participou de uma festa na praia que teve dois dias de duração e rendeu uma música para o álbum do DSL, o 3 Chord Trick.

Publicidade

Assim, a expectativa para estar de volta à cidade era alta. Marco Caviglia, que teve como mentor musical ninguém menos que o próprio Mark Knoplfer – guitarrista, vocalista e compositor do Dire Straits -, afirmou que a banda ficaria alguns dias a mais para aproveitar as belezas naturais de Floripa.

Para o show, o DSL preparou um setlist especial para os fãs, além, é claro, de ter apresentado grandes sucessos como “Walk of Life”, momento em que se declaram para o público: “Floripa, tão carinhosa!”. Também não faltaram “So Far Away” e “Romeo and Juliet”.

Entre baladas mais românticas e outras mais dançantes, durante duas horas de show, o Dire Straits Legacy levou o público para lugares e momentos tão especiais quanto qualquer fã pode chegar ao ouvir sua banda favorita há tantos anos.

 

Crédito: Caio Graça

Aliás, ver músicos consagrados mundialmente, tão de perto, é uma grande oportunidade, principalmente depois da pandemia de Covid-19. De acordo com o diretor executivo do Music Park, Doreni Caramori Junior, significa um investimento inclusive no retorno aos eventos presenciais, uma vez que o setor enfrenta grandes desafios, mas o público está ávido por shows e festas que possam, com os devidos cuidados, reunir amigos para viver grandes momentos.

Ele conta que o show do DSL estava agendado para 2020 e precisou ser remarcado devido à pandemia, mas assim que perceberam o aquecimento do setor pós-pandemia, sentiram como um incentivo para reagendar uma nova data para o show que é de grande porte.

O investimento para esse evento é substancialmente maior, porque não apenas envolve o cachê de uma atração em dólar que, atualmente, está bastante alto, como também tem uma série de custos que as bandas nacionais não têm, como trechos aéreos internacionais, logística de liberação da banda para entrar no Brasil, visto de trabalho e a requalificação de muitos fornecedores que precisam saber se comunicar com os artistas e seguir padrões de produção de astros internacionais.

De acordo com o diretor, planejar um evento que tem receitas em reais e despesas em dólar é muito desafiador, mas o fato de o mercado de Florianópolis ser relativamente menor e pagar o mesmo preço de centros maiores vem a ser um desafio ainda maior.

Conforme Doreni explica, o público de Florianópolis é bastante eclético, mas acaba sendo mais estratégico fazer um show como este no verão ou em feriados, épocas em que o turismo ajuda bastante na quantidade de público para o evento. Em shows como o DSL, a casa recebe bastante público do interior de Santa Catarina, bem como Paraná e Rio Grande do Sul, sendo este uma média de 30% do público.

Frente à reação das pessoas ao show e aos depoimentos de um dos principais players de eventos de Santa Catarina, fica ainda mais perceptível a importância do entretenimento e das oportunidades que o setor traz para o público, enquanto experiência, para a cidade e os investidores, por movimentar a economia local e dar mais visibilidade ao estado.

Que venham tantas outras turnês de grandes shows e artistas reconhecidos para o estado.

 

Agora sim, vamos aos acontecimentos dos próximos dias!

Liniker – Índigo Borboleta Anil Tour

Crédito: Divulgação/Liniker

Falando em fomentar a vinda de grandes artistas para Santa Catarina, quem faz turnê pelo estado é a cantora Liniker, para apresentar as canções de seu primeiro disco solo, o Índigo Borboleta Anil.

Os shows, que são uma prévia do TUM Festival, evento assinado por Ivanna Tolotti, serão neste final de semana, dias 27, 28 e 29 de maio, em Criciúma, Joinville e Florianópolis, respectivamente.

Se em suas primeiras composições, Liniker usou cartas que havia escrito no passado, mas que nunca foram enviadas, para sua estreia-solo, ela se conectou com sua ancestralidade para estar inteira nas 11 faixas que compõem o novo álbum.

“Baby 95”, “Mel” e “Diz Quanto Custa”, estão no setlist dos shows, além, claro, de “Zero”, “Louise du Brésil” e “Caeu”, músicas que deixaram Liniker conhecida no Brasil inteiro a partir de 2015.

Programe-se para assisti-la porque, sim, vale demais(!):

Criciúma – 27 de maio (sexta-feira) – 22h – Garden Gastropub em Criciúma
Ingressos a venda: https://site.blueticket.com.br/evento/29973

Joinville – 28 de maio (sábado) – 21h – Teatro da Liga
Ingressos à venda https://www.eticketcenter.com.br/

Florianópolis – 29 de maio (domingo) – 20hs – Boulevard 14/32 do Floripa Airport
Ingressos à venda: https://site.blueticket.com.br/evento/29972

 

Crédito: Divulgação/Zizi Possi

Música e gastronomia na estreia da “Confraria do Piano”
A cantora Zizi Possi e o pianista Jetter Garotti Jr. são os artistas que fazem a estreia da Confraria do Piano, na próxima quinta-feira (2/6), no Harmonia Lyra, em Joinville. O “Concerto para Voz e Piano” revisita um dos trabalhos de maior sucesso da cantora, o “Puro Prazer” com músicas como “Asa Morena”, “A Paz”, “Pedaço de Mim” e “Per Amore”.

Jetter, por sua vez, é um celebrado instrumentista, arranjador e diretor musical com trabalhos realizados ao lado de João Bosco, Edu Lobo, Ivan Lins, Ana Carolina, Fafá de Belém, Flávio Venturini e Roberto Menescal, além da própria Zizi Possi, a quem acompanha há mais de 25 anos.

A iniciativa do evento é dos produtores culturais Albertina Tuma e Carlos Branco com a intenção de trazer diferentes formas de expressão musical relacionadas ao piano, seja a voz, a MPB, o jazz e até o pop. Além disso, a ideia também é ecoar o festival Pianístico durante todo o ano, não apenas em sua edição anual.

Os outros dois espetáculos que compõem a primeira edição da Confraria serão o trio do pianista Luiz Mauro Filho, de Joinville, dia 7 de julho, e a pianista, cantora e compositora Camila Orsatto, no dia 10 de agosto.
Os ingressos estão à venda na Bergerson Joias (Garten Shopping), na secretaria da Harmonia Lyra e no site da Enjoy Ticket (enjoyticket.com.br).

 

 

 

Crédito: Rosane Alves

Inscrições para o concurso de gastronomia Festival Enchefs seguem até o dia 27 de maio
Terminam amanhã as inscrições para a etapa catarinense do Festival Enchefs SC, que indica representantes para o prêmio nacional Dólmã – o Oscar da Gastronomia Brasileira. A iniciativa de fazer uma etapa em Santa Catarina foi da Embaixadora do Festival no Estado, a renomada chef Janete Borges, vencedora da edição de 2019 e participante da primeira edição do reality “Mestre do Sabor”.

Serão contempladas duas categorias no Festival: profissionais para a cozinha e profissionais para a coquetelaria.
As inscrições custam R$38,90 e podem ser feitas pelo link https://www.janeteborges.com.br/enchefs-sc.
De acordo com Janete, a expectativa é de que os participantes se conectem com a cultura do estado e utilizem produtos locais e da estação para criar pratos e bebidas. Esta identificação com o estado é, inclusive, um dos critérios para avaliação.

A etapa catarinense será nos dias 6 e 14 de junho, em Florianópolis, Joinville, Concórdia, Blumenau e Criciúma. Mais informações: (48) 99999-2642 e (48) 99841-0117.

 

Crédito: Isa Manerich

Peça teatral gratuita para bebês em Itajaí
Se você imagina que 50 bebês reunidos em um único ambiente para assistir a um espetáculo teatral não vai dar certo, então precisa assistir ao “Casa”, do Grupo Porto Cênico, de Itajaí. O espetáculo, voltado para a primeiríssima infância e com uma linguagem ainda pouco explorada no Brasil, terá oito sessões gratuitas nos dias 1 e 2 de junho, no Teatro Municipal da cidade.

Além disso, o Porto Cênico ainda vai realizar uma mediação teatral, no dia 31/05, a partir das 14h, no mesmo local, voltada para educadores, professores e adultos que vivenciam o cotidiano de crianças de zero a três anos. As inscrições são gratuitas, limitadas e podem ser feitas na secretaria de educação do município através do Programa Cultura e Travessura.

Na sexta-feira (3/6), às 14h, no CEI Vereador Otávio Cesário Pereira, será feita uma palestra sobre teatro para bebês, aberta ao público interessado.

Saiba mais sobre o processo de criação do espetáculo pelas redes sociais @espetaculocasa.

 

Crédito: Divulgação/Entrelaços

Arte, educação e formação de público
Transformar a vida de crianças e adolescentes a partir da arte e da educação. Este é o objetivo do projeto Entrelaços, da empresa Lunelli que, usando ferramentas como o teatro, a contação de história e brincadeiras lúdicas, incentiva a leitura, a preservação da cultura popular, o desenvolvimento criativo e a cidadania.

“A Princesa Margarida – um musical brincante”, da Metamorfose Cia Cênica foi a peça teatral apresentada na escola municipal Urbano Teixeira da Fonseca, em Guaramirim, no início de maio. A próxima apresentação será na escola municipal Amin Byardt, na mesma cidade.

A previsão é de que 25 unidades de ensino de Santa Cartarina recebam o projeto ainda em 2022.

 

Crédito: Scarduelli Comunicação

Corrida na Lagoa

A diretora-executiva da Formacco, Gabriela Paula Santos e Valmir Carvalho, organizador da tradicional prova de Corrida na Lagoa da Conceição assinam contrato de patrocínio do evento que passa a se chamar, oficialmente, Corrida Formacco Volta da Lagoa. Este ano, o evento será dia 19 de junho, em duas categorias de 3 e 10km. Uma curiosidade: Gabriela é corredora e ajudou a criar o Grupo, reconhecido como um dos mais competitivos de Santa Catarina.

 

Últimas

Crédito: Sandra Puente e Nilva Damian


Mulheres do Além-Mar

As fotógrafas Sandra Puente e Nilva Damian fizeram a abertura oficial da exposição fotográfica Mulheres do Além-Mar, na última terça-feira (24), no Museu da Escola Catarinense. As fotos valorizam o papel das mulheres açorianas na cultura ilhéu. O conhecimento é repassado entre as descendentes e é vivenciado até os dias de hoje pelas mulheres do engenho, rendeiras, benzedeiras, pescadoras e maricultoras.

A exposição fica até 22 de junho e, para reforçar sobre a importância da acessibilidade, pessoas com deficiência visual também terão acesso ao conteúdo das fotografias a partir de imagens impressas em 3D, em alto relevo e textos escritos em braille contendo uma resenha da exposição.

 

Crédito: Paloma Gomide

Outros mares
A exposição “Venho de Outro Mares”, de Paloma Gomide com curadoria de Lucila Horn, fica em exibição até o dia 2 de julho, no Espaço de Arte Quinta dos Pássaros, em Rancho Queimado. A partir de fotografias feitas de mulheres imigrantes, que chegaram em Florianópolis vindas da Bahia, Ceará, Guiné-Bissau e Haiti, Paloma mostra a pluralidade de suas belezas e narrativas pessoais, que são urgentes para refletir sobre as narrativas identitárias na contemporaneidade. Afinal, muitas vezes essas pessoas são invisibilizadas na sociedade.

Crédito: Giba Duarte

Experiência coletiva

Na próxima terça-feira (31), das 18h às 20h30, o artista Giba Duarte dá início à exposição Prólogo Sobre Experiência Coletiva na Fundação Cultural BADESC. Fotografias (algumas pessoais), objetos têxteis, vídeos, desenhos, bordados, pinturas, máscaras e pequenos objetos sugerem que há pouco tempo algo aconteceu. O que? Como? Quando? Onde? Por quê? São respostas que ficam a cargo da imaginação do público. A proposta é que as pessoas que passarem pela exposição criem a instalação junto com o artista, ao interagir – mesmo no mundo das ideias – com aquilo que o ambiente propõe. Na imagem, detalhe de um dos trabalhos de Giba. A visitação, gratuita, poderá ser feita de 1º a 15 de julho, das 13h às 19h.


*Envie sugestões de pauta: entretenimento@acontecendoaqui.com.br

Publicidade
Publicidade

pg slot judi baccarat idn togel idn play judi bola tangkasnet slot pragmatic slot88 sbobet88 slot dana judi online joker123 ligasedayu vegasslot77 autowin88 sbobet star77 bo 138 zeus138 mega138 nuke gaming slot cuan138