Twitter está tentando comprar o Clubhouse

12 de Abril de 2021

Bloomberg News afirma que as duas empresas estiveram negociando a compra da rede Clubhouse pelo Twitter

Recentemente o Twitter lançou o Spaces (ainda em fase Beta) para concorrer com a rede social exclusivamente de áudio, Clubhouse. Não satisfeito com isso, segundo uma reportagem feita pela Bloomberg as duas empresas fizeram algumas reuniões para debater a respeito da compra ou não do Clubhouse pelo Twitter. No entanto, agora o porta-voz do Twitter não quer comentar nada sobre o assunto para a imprensa, nem o representante do Clubhouse.

No início da semana passada o jornal americano Bloomberg News noticiou que o Clubhouse estava em negociações para levantar fundos de investidores em uma rodada que avalia o negócio em cerca de US$4 bilhões. Depois que as negociações com o Twitter falharam, o Clubhouse começou a questionar se fazia sentido levantar financiamento com aquela avaliação. 

Após as negociações, ou supostas negociações, as ações do Twitter subiram cerca de 3% na quarta-feira, dando à empresa com sede em San Francisco um valor de mercado de US$ 55,1 bilhões.

O Spaces, concorrente do Clubhouse do Twitter, foi lançado no final de 2020. Está ainda na fase beta e nem todos os usuários possam criar ou hospedar discussões públicas como o Clubhouse. Só é possível usar as oferecidas pela rede social.

O CEO do Twitter, Jack Dorsey, está animado com o potencial do áudio como uma nova forma das pessoas interagirem no Twitter, e a empresa há bastante tempo aposta no conteúdo ao vivo por meio de acordos de parceria e aquisições. Em um evento para a imprensa na quarta-feira passada, o chefe de produto de receita, Bruce Falck, declarou que a empresa está discutindo maneiras de monetizar o Spaces, mas isso ainda está nos estágios iniciais.

 

Com informações da Bloomberg News.

Notícias Relacionadas