Publicidade
Social Good Brasil lança curso sobre o mundo dos dados para jovens da Grande Florianópolis
18 de Julho de 2021

Social Good Brasil lança curso sobre o mundo dos dados para jovens da Grande Florianópolis

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Segundo o Relatório Futuro do Trabalho de 2020 do Fórum Econômico Mundial, a fluência em dados aparece como uma habilidade essencial para o futuro do trabalho, mas também para o mundo digital e os desafios do presente.

De olho nessa tendência, o Social Good Brasil lançou na última terça-feira (17) o Cidadãos de Dados, uma formação EaD que leva o mundo dos dados de forma acessível para as pessoas. Em Florianópolis, a primeira turma está com inscrições abertas para jovens estudantes do Ensino Médio público ou bolsistas da rede de ensino particular da Grande Florianópolis até o dia 5 de setembro. São 30 vagas gratuitas e as inscrições podem ser feitas pelo site.

Os jovens vão aprender competências humanas e analíticas, como ler, trabalhar e analisar dados, além de tomar decisões orientadas por eles. A formação possui oito módulos com exercícios práticos e materiais extras que vão aproximar os estudantes da vida e de situações que fazem parte do dia a dia.

“Os dados têm muito mais a ver com a vida das pessoas do que elas imaginam. Interagimos com dados em todas as redes sociais, mas estamos fazendo bom uso deles? Compreendê-los pode nos ajudar na vida pessoal ou profissional. O propósito do Social Good Brasil em 2021 é democratizar a educação em dados e o Cidadãos de Dados é um passo importante para aproximar jovens do tema e torná-los fluentes nesse idioma”, diz a Coordenadora do projeto Karoline Muniz. 

Para participar não é preciso ter conhecimento prévio, e a formação de nível básico fornece o primeiro passo para quem quer se aprofundar no tema e se tornar fluente em dados, preparando os jovens para os pré-requisitos de vagas de emprego de diferentes áreas. Além disso, os vídeos terão legendas e tradução em libras.

Confira as habilidades que serão desenvolvidas em Cidadãos de Dados:

Compreender que o uso de dados não é apenas para cientistas de dados, mas para todas as pessoas e profissões;
Estar mais preparado e alinhado com os pré-requisitos/necessidades digitais das vagas de emprego que o mercado está pedindo, principalmente o de tecnologia;
Fortalecimento da mentalidade analítica para tomada de decisão e resolução de problemas complexos;
Estar mais preparado para lidar com os problemas da era digital: fake news, vazamento e manipulação de dados;
Ter noções iniciais sobre o uso de dados: coletar, armazenar, limpar, analisar e gerar visualizações de dados.
Capacidade de ler, compreender e interpretar gráficos e diagramas;
Argumentar com dados construindo dissertações e narrativas;
Conscientização sobre seus direitos e deveres no uso de dados pessoais;
Compreender como usar dados e tecnologia para gerar ações éticas e cidadãs, promovendo impacto social;

Publicidade
Publicidade