Publicidade
Plataforma traz soluções para dropshipping no Brasil
04 de Novembro de 2021

Plataforma traz soluções para dropshipping no Brasil

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Imagem de Preis_King por Pixabay 

 

Publicidade

Já é sabido que durante o período de pandemia muitas pessoas e empresas precisaram se reinventar, e o empreendedorismo digital se tornou uma das grandes alternativas. Para se ter uma ideia, de acordo com o índice MCC-ENET, desenvolvido pela Neotrust Movimento Compre & Confie, em parceria com o Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital, somente nos seis primeiros meses de 2021, houve uma alta de 24,15% no faturamento do e-commerce no Brasil.

Dentro deste cenário, uma das soluções também tem sido o dropshipping, um sistema que funciona como uma espécie de loja virtual que usa o estoque do seu fornecedor. Para o sócio-proprietário da Empreender, Bruno Brito, o dropshipping é uma escola. “Eu vejo o dropshipping como algo em que a pessoa irá aprender copy, aprender edição de imagem e vídeo, sobre anúncios e como criar uma loja virtual. Neste ponto, a pessoa aprenderá tudo o que é preciso para criar qualquer negócio. É aprender um jogo que é vender online, e a partir daquilo, terá uma gama incrível de oportunidades”, explica. 

Ainda de acordo com ele, o dropshipping é uma ótima forma para vender pela internet, sem precisar se preocupar com os gastos de manter um estoque de produtos. “Quando você utiliza o estoque de outras empresas, toda a logística de comercialização acaba sendo um pouco mais fácil. Além disso, o avanço do dropshipping tem oferecido uma gama maior de produtos fabricados no Brasil, o que também acaba criando um contato mais próximo com o fornecedor. Tudo isso acaba tornando o dropshipping torna uma solução perfeita, principalmente, para os empreendedores iniciantes em tempos de pandemia”, entende Bruno.

Drop Internacional e Nacional: qual a melhor opção para quem quer começar?

Por algum tempo, o drop internacional foi a única e melhor opção para quem desejava começar a trabalhar com vendas onlines. Entretanto, as opções mudaram um pouco. “O drop nacional é uma opção que veio para somar com o drop internacional. Por ter um acesso mais próximo ao fornecedor, uma tendência que veremos no futuro são lojas que vão começar no modelo de dropshipping e depois devem migrar para a produção de uma marca própria”, afirma o CTO da Empreender.com.br, Andreas Piekarz.

Para o empreendedor, o drop internacional tem um modelo de negócio muito diferente do nacional. “O drop internacional é um modelo de negócio mais voltado para novidades, com produtos inovadores. Já o drop nacional é mais voltado para produtos fashions. Uma opção de drop não invalida a outra, por exemplo, você pode ter uma loja com vestidos fabricados no Brasil e acessórios como colares e brincos importados da China”, explica.

 

A plataforma de Drop Nacional

Para as pessoas que não sabem como iniciar no dropshipping surgiu a plataforma Drop com produtos nacionais. De acordo com o sócio-proprietário da Empreender, o objetivo é dar a oportunidade das pessoas começarem a empreender online. “Nós já trabalhávamos com a importação de produtos internacionais, mas achamos importante começar a trazer essa novidade com os produtos nacionais. O mercado começou a pedir por produtos nacionais, então a plataforma é para quem já estava trabalhando neste setor e para quem está começando também”, explica Bruno Britto.

Na plataforma, o empreendedor poderá fazer a integração com a NuvemShop, além de conseguir acompanhar o seu progresso através de um painel onde suas tarefas podem ser visualizadas junto com o tutorial de cada uma. Conforme as tarefas são realizadas, o empreendedor consegue desbloquear alguns cupons de descontos como recompensa. “Principalmente para quem está começando neste mercado, é importante haver uma forma de guiar o empreendedor a se acostumar com a plataforma e com algumas tarefas que precisam ser feitas”, pontua o CTO da Empreender.com.br, Andreas Piekarz.

Além disso, para utilizar a plataforma o empreendedor tem a opção de três planos de assinatura. “No plano básico, que é gratuito, nós disponibilizamos apenas fornecedores de produtos internacionais. Existem outras duas opções, que são as assinaturas VIP e Diamante, que oferecem mais benefícios. Na Diamante, o empreendedor consegue ter acesso a todos os benefícios oferecidos pela plataforma da Dropi, incluindo os fornecedores nacionais, além de ter ferramentas que podem ajudar a automatizar algumas tarefas”, conclui Bruno Brito.

Publicidade
Publicidade