Publicidade
Internet influencia mais 40% dos consumidores na hora de comprar um carro novo
14 de Novembro de 2013

Internet influencia mais 40% dos consumidores na hora de comprar um carro novo

Publicidade

Redes sociais são a principal fonte de consulta para mais de 20% destes internautas – Brasil é o segundo maior mercado do mundo em termos de usuários do Facebook

jd powerAcessada por mais de 80 milhões de brasileiros, a internet é hoje a segunda fonte de informação mais consultada na hora de adquirir um novo veículo, segundo pesquisa realizada pela empresa de consultoria norte-americana J.D. Power sobre o mercado brasileiro. Com 43% de poder de influência, a internet ficou atrás apenas da opinião de amigos e familiares, com 45%. Uma fatia expressiva destes internautas (21%) utiliza as redes sociais como fonte de pesquisa na hora de comprar um carro novo – o Brasil é o segundo maior mercado do mundo em termos de usuários do Facebook (68 milhões), atrás apenas dos Estados Unidos.

Publicidade

Algumas empresas de Santa Catarina saíram na frente para explorar o potencial da internet como ferramenta de expansão dos negócios. O Dimas Automóveis, por exemplo, rede de revendedores Ford e Volvo no estado, começou a investir forte nas mídias sociais há aproximadamente quatro anos. A Fan Page da empresa no Facebook já conta com mais de 42 mil seguidores. Também está presente no Linkedin, Twitter e no Instagram, aplicativo gratuito que permite compartilhamento de fotos em uma variedade de redes sociais.

“Há anos entendemos a mudança do comportamento das pessoas e começamos a oferecer esse canal para ouvir os clientes, tirar dúvidas, dividir os “bastidores” da empresa, dar dicas de manutenção, roteiros de viagens e passeios, divulgar agenda cultural (cinema, teatro, shows), falar das últimas novidades e lançamentos da Ford, além de lançar ofertas e promoções com antecedência à mídia de massa (TV, jornal e rádio)”, afirma o gerente de marketing do grupo, Leonardo Ghidini.

Para João Eduardo Valvassori, diretor da Tiki Webmonsters, agência que gerencia as mídias sociais do Dimas, “é imperativo que as empresas desenvolvam seus próprios sites e se insiram nas redes sociais para estar cada vez mais próximas do consumidor final. Esta proximidade cria uma relação de transparência e de credibilidade por parte do consumidor”.

Publicidade