Inteligência Artificial e segurança são prioridades dos CIOs
20 de Março de 2024

Inteligência Artificial e segurança são prioridades dos CIOs

Nove em cada dez líderes planejam integrar recursos de IA a seus negócios em 2024

Twitter Whatsapp Facebook

A Logicalis, empresa global de soluções e serviços de tecnologia da informação e comunicação, acaba de lançar a 10ª edição do seu estudo CIO Report, que entrevistou mais de mil CIOs globalmente.

Segundo a pesquisa, que entrevistou mais de mil CIOs globalmente, grande parte das organizações está investindo em tecnologias de Inteligência Artificial com potencial transformador em 2024.

Publicidade

A maioria dos líderes de tecnologia sente pressão interna para aproveitar rapidamente novas oportunidades tecnológicas. O estudo revela que 87% dos entrevistados já estabeleceram grupos de trabalho de IA e um número semelhante (86%) está investindo para desenvolver habilidades de IA entre seus funcionários, apesar de a tecnologia estar em estágios muito iniciais.

No entanto, o entusiasmo dos CIOs não é sem apreensão: a maioria dos líderes de tecnologia expressou preocupações com a IA ameaçando suas estratégias comerciais centrais e também com os desafios de regulamentar efetivamente seu uso internamente. Prudentemente, em resposta, 86% iniciaram políticas formais de IA.

Além da Inteligência Artificial, os CIOs estão enfrentando uma série de forças disruptivas e desafiadoras que os levam a reavaliar e a reequilibrar continuamente as prioridades. Quase todos os executivos encontram barreiras para implementar a transformação digital, com muitos citando falta de qualificação e de orçamento como principais desafios.

Ameaças cibernéticas em rápida evolução, impulsionadas por tecnologias poderosas como computação quântica, também são uma preocupação-chave para os líderes em 2024. Apesar da melhoria da cibersegurança, impressionantes 83% das empresas sofreram um ataque cibernético em 2023, resultando em danos comerciais significativos, incluindo tempo de inatividade não programado, perda de receita e de dados de clientes e multas regulatórias. Como resultado, a confiança permanece baixa, com apenas 43% dos CIOs se sentindo totalmente preparados para outro ataque.

Os CIOs também reconheceram a importância da infraestrutura de conectividade no suporte ao crescimento inovador. A Internet das Coisas (IoT) e o 5G Privado foram áreas-chave destacadas pelos entrevistados, com 93% investindo ou planejando investir em 5G Privado para diversos objetivos, incluindo melhoria da experiência do cliente e do funcionário, supervisão em tempo real de inventário e ativos, conexão de áreas remotas e até mesmo habilitação de novas fontes de receita.

Encontrar o equilíbrio entre lucro e propósito também está na agenda do CIOs, com o avanço dos questionamentos sobre como a tecnologia pode ser uma ferramenta na busca de soluções mais sustentáveis para os negócios. Entre os líderes de TI entrevistados, 93% acreditam que a tecnologia é essencial para o cumprimento das metas de sustentabilidade da organização e 89% confirmam ter metas claras para reduzir as emissões de carbono da empresa, além de um roteiro para alcançar o resultado esperado. “Os CIOs estão sendo desafiados a atender às necessidades atuais e olhar estrategicamente para o futuro dos negócios. A tarefa não é fácil, mas um esforço conjunto entre fornecedores, prestadores de serviços e clientes permitirá dar esse passo e resultará em um mercado mais maduro”, afirma Rodrigo Parreira, CEO da Logicalis para a América Latina.

Imagem: Pexels

Publicidade