Artigo: Como apoiar mulheres em início de carreira em tecnologia
19 de Março de 2024

Artigo: Como apoiar mulheres em início de carreira em tecnologia

O Fórum Econômico Mundial classificou o Brasil em 94º lugar entre 146 países em termos de igualdade de gênero

Twitter Whatsapp Facebook

No setor de tecnologia as mulheres enfrentam desafios diários. Segundo o relatório McKinsey Women in the Workplace de 2023, apenas 28% dos cargos de alto escalão são ocupados por mulheres em todo o mundo corporativo.

A jornada de uma mulher em TI é tão diversa e diferente quanto elas próprias. Enquanto as mulheres em início de carreira muitas vezes têm necessidades diferentes das líderes com experiência, elas também têm muito em comum. Por isso, devemos nos basear nessa comunidade e experiência compartilhada para construir uma base sobre a qual podemos agir juntas em direção a uma sociedade onde tenhamos oportunidades e reconhecimento iguais no setor tecnológico.

Publicidade

Podemos substituir o conceito de “networking” por fazer conexões significativas. Assim, perder o medo que muitas de nós sentimos quando somos lançadas em um grupo de estranhos. Ao compartilhar histórias e experiências, podemos nos conectar umas com as outras de uma maneira poderosa e autêntica.

Participação ativa

De acordo com estatísticas da Gartner, 39% das mulheres acreditam que não têm as mesmas oportunidades que os seus colegas homens de avançar na carreira. No mesmo relatório da McKinsey, para cada 100 homens promovidos a um cargo de gerência no início da carreira, apenas 87 mulheres são promovidas.

Uma forma de tentar mudar este cenário é oferecer mentorias para as mulheres expandirem suas redes, aprimorem as habilidades e sejam reconhecidas para promoções. Para apoio na carreira, as empresas podem oferecer às mulheres workshops de desenvolvimento de liderança com foco específico em negociação, liderança inclusiva ou formas de ser ouvida no ambiente de trabalho.

Em setores como vendas, onde as mulheres ocupam quase metade (49,8%) de todos os cargos (pelo menos nos EUA), muitas vezes elas não recebem a mesma quantidade de comissões ao longo do tempo em comparação aos seus colegas homens. Ter um programa ou oportunidade de mentoria com uma líder feminina no campo seria benéfico para compartilhar exemplos de sucesso. Todos já ouvimos a frase “você não pode ser isso, se não pode ver isso” – isso se torna cada vez mais importante quando pensamos em como atrair meninas para a tecnologia.

Além disso, os papéis estão mudando: a tecnologia está avançando e os profissionais desta área, agora, são chamados mais do que nunca para liderar o crescimento dos negócios. Nesse cenário, a mentoria sênior e as oportunidades de acompanhar executivas C-level para aprender mais sobre como administrar um negócio de sucesso, são uma maneira de incentivar a mentalidade de crescimento.

Advogando por mudanças

Pesquisas continuam apontando um viés de gênero em muitos setores de alta remuneração (tecnologia, finanças, engenharia, vendas) e a disparidade salarial continua. Estudos mostram que no Brasil as mulheres continuam a ganhar, em média, 21% menos do que os homens. Algumas empresas oferecem treinamentos de diversidade e inclusão e tornaram suas práticas de recrutamento neutras em relação ao gênero.

A mudança não acontece rapidamente, mas ter uma plataforma de apoio pode tornar a mudança mais fácil. Em 2022, o Fórum Econômico Mundial classificou o Brasil em 94º lugar entre 146 países em termos de igualdade de gênero, o que significa que o país está se saindo pior do que até mesmo o Burundi – um dos países mais pobres do mundo em termos de PIB. Ao apoiar políticas que ajudam a reduzir a diferença de gênero, você incentiva seus acionistas e colegas a fazerem o mesmo.

Embora o Dia Internacional da Mulher seja uma boa oportunidade para trazer à tona questões de gênero nos negócios, isso não deve ser algo falado apenas por um dia. Não há uma solução rápida, trata-se de um trabalho a longo prazo e é preciso ser consistente e constante. Apoiar a inclusão pode ser cansativo, pois não é apenas mais uma tarefa para marcar ao fim do dia. Ao fornecer suporte ao longo do ano e liderança inclusiva para as mulheres em seu negócio, você está cumprindo sua parte em inspirar a inclusão.

*Por Andrea Johnson, CIO da Pipedrive

Imagem: Pexels

Publicidade