Publicidade
Agência Digi desenvolve plataforma digital para Coca-Cola Brasil
01 de Fevereiro de 2021

Agência Digi desenvolve plataforma digital para Coca-Cola Brasil

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Para dar suporte e ajudar pequenos empreendedores e os ambulantes de alimentos e bebidas, a Coca-Cola Brasil apresenta o programa “Crescendo Juntos Microempreendedores”. Trata-se de uma plataforma de relacionamento, parceria e fidelização voltada para microempreendedores de alimentação. A agência Digi é responsável, em conjunto com a empresa, pelo desenvolvimento e gestão operacional do programa. 

A plataforma oferece benefícios exclusivos da companhia de bebidas e cursos de capacitação e profissionalização desenvolvidos pelas entidades-parceiras como Sebrae e Aliança Empreendedora. O objetivo é cadastrar os microempreendedores e ambulantes que vendem produtos do portfólio Coca-Cola Brasil nas ruas, barraquinhas, trailers, carrinhos, nas suas comunidades, entre outros, e oferecer o resgate de prêmios e treinamentos.  

Para acessar o programa, o microempreendedor ou ambulante deve baixar o aplicativo (disponível gratuitamente na Apple Store ou Google Store para celulares com IOS ou Android), cadastrar a nota fiscal dos produtos Coca-Cola Brasil comprados nas lojas e canais participantes, juntar pontos e trocar por prêmios exclusivos da marca, como guarda-sóis, bonés, tênis, geladeirinhas de isopor, mesas e cadeiras etc.

Os participantes têm acesso digital aos conteúdos, dicas e treinamentos exclusivos para vender mais e desenvolver o negócio; às soluções para abrir uma loja online e aumentar as vendas de forma simples e rápida; e a microcrédito e parcerias para turbinar o negócio. O programa Crescendo Juntos já firmou parceria com o Atacadão, maior rede atacadista do país, com mais de 200 unidades em todo Brasil. 

Os benefícios valem para compras de produtos de todo portfólio da marca que geram pontos que podem ser resgatados no app. 

Até o final de abril a expectativa é mobilizar até 110 mil microempreendedores e ambulantes nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia. A expectativa é que o programa seja expandido para até 15 estados do Brasil ainda este ano. 

Publicidade
Publicidade