Publicidade
Airweave, Syneron, Speedo e Ralph Lauren cancelam patrocínio com Ryan Lochte após mentiras do nadador no Rio de Janeiro
22 de Agosto de 2016

Airweave, Syneron, Speedo e Ralph Lauren cancelam patrocínio com Ryan Lochte após mentiras do nadador no Rio de Janeiro

Twitter Whatsapp Facebook

As empresas Airweave, Syneron Candela, Speedo e Ralph Lauren anunciaram o fim de seus contratos de patrocínio com o atleta americano Ryan Lochte. O rompimento aconteceu pelo comportamento do nadador durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, ao inventar ter sofrido, com outros três esportistas, um assalto armado.

“Apesar de desfrutarmos de uma relação de sucesso com Ryan durante mais de uma década e de ter sido um integrante importante da equipe Speedo, não podemos perdoar um comportamento que vai contra os valores que esta marca defende há muito tempo”, declarou a Speedo em comunicado, no qual divulgou que doará uma parte dos US$ 50 mil dos honorários de do nadador à ONG Save The Children.

Já a Rauph Lauren declarou que tinha contrato com Lochte apenas durante os Jogos Olímpicos e que não vai renovar.

Airweave, fabricante de colchões, após avaliação cuidadosa, tomou a decisão de encerrar o patrocínio. “Nós mantemos o apoio ao Time Estados Unidos e aos atletas que se preparam para os Jogos Paralímpicos”. O CEO da empresa, Motokuni Takaova, havia anteriormente informado que a empresa manteria o patrocínio.

A empresa israelense de produtos estéticos Syneron Candela deixou de patrocinar o nadador. A empresa se manifestou afirmando:”Cobramos altos padrões de nossos empregados e esperamos o mesmo dos nossos parceiros. Nós desejamos a Ryan o melhor nas futuras empreitadas e agradecemos a ele pelo tempo em que apoiou nossa marca.” Ryan Lochte havia se tornado embaixador global da marca em abril de 2016. As informações são da rede CBS.

Em nota, o atleta disse respeitar a decisão das empresas.

Publicidade