Publicidade
Publicitários catarinenses falam sobre o que viram no Midia Show
02 de Setembro de 2010

Publicitários catarinenses falam sobre o que viram no Midia Show

Publicidade

AcontecendoAqui com alguns empresários e profissionais que participaram do evento em Porto Alegre

por Jailson de Sá

02/09/2010 – Um primor de organização. ?? o que se pode dizer sobre oShow 2010, que o Grupo RBS realizou em Porto Alegre na última quarta-feira, 01/09. Isso foi registrado por todos os palestrantes na abertura de suas falas e, também, nos depoimentos dos publicitários catarinenses ouvidos pelo AcontecendoAqui e que podem ser conferidos na segunda parte desta matéria. Convidados de vários Estados brasileiros, publicitários se reencontravam a todo instante numa demonstração de grande amizade entre aqueles que atuam no setor da propaganda.

Publicidade

O evento foi aberto pelo vice-presidente executivo do Grupo RBS, Eduardo Sirotsky Melzer, que enfatizou o empenho de sua empresa em sempre oferecer ao mercado publicitário oportunidades como esta de discutir o seu negócio. Melzer ressaltou também que é intenção da empresa manter a periodicidade anual desse evento no Sul do Brasil.

1º Painel
Transformando o Digital em Resultados Reais com Abel Reis

Abel deu início ao evento com uma apresentação impactante sobre o novo consumidor. Começou sob o ângulo sociológico da questão e terminou com a constatação de que hoje as pessoas ???querem pertencer???. Estamos todos migrando da era da mídia de massa para a era da mídia de rede. Vamos passar a fazer comunicação com base na ativação do consumidor com as marcas, em tempo real, propagativo e mensurável.

2° Painel
Os Novos Mandamentos do Marketing – Tudo que Mudou e Tudo que Vai Mudar, com Walter Longo

Walter é um craque em palestras. Quem acompanha sua carreira há alguns anos, como este editor, constata que ele está cada vez melhor. O publicitário fez uma apresentação ampla sobre os mandamentos do marketing e o que está acontecendo nesse universo. As grandes mudanças no marketing acontecem mais nas pequenas cidades do que nas grandes. ???Um grande desafio para o marketing: a tecnologia e os negócios mudam muito rápido, mas as pessoas não. Portanto, a comunicação deve transformar consumidores em colaboradores da marca. Para ingressar no mundo digital, uma agência não precisa comprar tecnologia ou empresa digital. Ela precisa ter alma digital???, garante Longo, que foi aplaudido em ???cena aberta??? quando em tom bem humorado, falou sobre a interação dele com o criativo, o mídia e o atendimento da agência.

3° Painel
O mundo é móvel! E você?
Leo Xavier, diretor da ponto Mobi, apresentou uma série de dados e cases, demonstrando o crescimento já havido no Brasil e o potencial do mobile. Hoje há no Brasil 22 milhões de internautas móveis. Em 2013 serão mais do que os usuários de PC. O país já tem 800.000 usuários de iphones, apenas 5% da base. Abel fez um alerta: ao pensar propaganda você deve considerar os outros 15 milhões de usuários e seus respectivos formatos e plataformas de navegação. ???Como as pessoas estão cada vez mais móveis, nossa missão a cada dia é criar estratégias para conquistar o ???share of hardware???, observou Xavier.

4º Painel
A volta do físico

Marcello Serpa, sócio e diretor geral de Criação da AlmapBBDO, prafraseando Conrad (leia mais adiante), disse que a disputa pelo consumidor entre as agências é ???ridícula??? porque atualmente o que faz a diferença mesmo são as grandes idéias, pois sem encantamento não há engajamento. ???A palavra agência ficou muito pequena para definir o que nossa agência faz hoje pelos clientes, que é participar da construção da sua marca. Afinal, se há uma relação sólida, a agência se torna indispensável. E nenhuma agência indispensável é dispensada???, garante Serpa. Ao comentar sobre a publicidade na internet, Serpa disse que o html é muito ruim para desenvolver publicidade. Ele foi desenhado por engenheiros e não por publicitários. ?? por isso que apenas 23% da publicidade mundial na internet está no www. Sobre a disputa entre as mídias físicas e digitais, ele considera que será vencedora aquela que oferecer o melhor conteúdo. Ao falar do Tweeter, Serpa disse que ele vai ser o SAC de muitas marcas. E recomendou muita atenção e transparência no relacionamento com as redes sociais.

5º Painel
Gerando vantagem competitiva através da Comunicação Integrada
Três profissionais de marketing que atuam em empresas consagradas no Brasil debateram sobre a Comunicação Integrada, dentro da linha proposta pelo evento. O debate iniciou com a apresentação de Flávia da Justa, diretora de comunicação da Oi, que falou sobre as ações implantadas por sua empresa e que tiveram a integração das mídias no planejamento e respectivos formatos ideais para fazer sua propagação. ???O marketing não muda, o que muda é o meio. Como o indivíduo passou a ter acesso a muitas informações, o comportamento dele muda e a exigência cresce. Portanto, começam a ser donos das marcas e participar mais da sua criação???, falou Justa

Já o Diretor de Marketing da Fiat, João Ciaco, diretor de publicidade e marketing de relacionamento da Fiat, apresentou as estratégias da empresa para trabalhar a integração no lançamento do novo Uno, que foi feito a partir do monitoramento que a marca fez nas redes sociais, que disseminavam informações vazadas sobre o novo carro.

O terceiro painelista, Paulo Ziliotto, diretor de marketing da Adidas no Brasil, destacou que a integração deve começar pelo público interno da empresa, pois é o principal agente multiplicador de ideias. ???A Adidas se comunica diariamente com mais de 2 milhões de seus consumidores no mundo???, disse Zilotto.

6º Painel
Liderança Criativa
O mais esperado do dia, Michael Conrad, fundador da Berlin School of Creative Leadership, requisitada escola de CEOs e chairmans das maiores agências do mundo, encerrou o Mídia Show 2010, com o painel ???Liderança Criativa???. Conrad provocou a plateia a pensar e opinar sobre os conteúdos e conceitos apresentados. Exibindo comerciais de marcas famosas veiculados em diversos países, ele comprovou que esta é a era das grandes ideias e que as agências de publicidade precisam compreender os produtos de seus clientes. ???A propaganda precisa contribuir para a vida das pessoas. ?? uma idiotice dizer que o anúncio impresso está morto ou que depende da plataforma em que é veiculado. O que existem são anúncios bons ou ruins. Uma ideia é uma grande ideia de fato quando você consegue articulá-la em uma única frase, com duas ou três palavras. E, quando você tem ideias, a implementação e a execução são extremamente importantes???, defendeu Conrad.

O que dizem os publicitários catarinenses sobre o Mídia Show 2010
AcontecendoAqui conversou com alguns representantes da propaganda catarinense para saber a impressão que tiveram sobre o evento e que benefícios obtiveram com ele. A todos eles fizemos 3 perguntas:
1 – Sua opinião sobre o Mídia Show 2010 em relação ao formato e conteúdo?
2 – Como sua agência está trabalhando a Integração das Mídias junto aos clientes?
3 – Se é favorável a realização desse evento em Santa Catarina.

Confira o que eles disseram.

Adir Mazzuco Jr., Presidente da Inca. Giacometti
1- Um evento de alto nível. Desde os pequenos detalhes de organização que foi perfeita, e o conteúdo exposto por profissionais respeitadíssimos. Não é sempre que você assiste a um Walter Longo. Quem foi à palestra dele que o Clube de Propaganda e Marketing organizou aqui em Florianópolis, vai entender o que estou falando. Ver um Marcello Serpa dando caminhos, falando dessa ansiedade pelo digital, posicionado-se perante esse assunto de maneira firme, mostrando que a grande ideia é que é importante e que as ditas agências tradicionais ainda são o ponto de partida. Foi em todos os aspectos um dia muito bom. Acredito que quem foi, saiu de lá um profissional melhor.

2- Hoje em dia, você não pode mais pensar em comunicação sem essa integração. Tem que pensar, estudar, trabalhar e medir, é que estamos fazendo. Sem isso, o resultado fica prejudicado ou não acontece.

3- Sim, sem dúvida. Nosso mercado vem realizando eventos importantes no negócio da propaganda com, por exemplo, o encontro da Fenapro, no último mês, realizado na Fiesc, uma conquista do SINAPRO/SC. Ter o MIDIASHOW 2011, em Santa Catarina, mostraria, mais uma vez, a força e a importância de nossas agências e anunciantes.

Ana Cláudia Souza, Gerente de Mídia da Fórmula e Presidente do Grupo de Mídia de Santa Catarina
1- O evento foi muito bem planejado, em todas as fases, desde o convite, processo de confirmação, credenciamento, logística, produção, público presente, até, e principalmente, os palestrantes escolhidos e respectivos temas.

2- A Fórmula acrescentou no seu leque de serviços, além de propaganda e promoção, o marketing de relacionamento e marketing digital. Dessa forma a estratégia é definida, desde o início, pensando nessa integração. Sabemos que, quando existe a integração, o aproveitamento das vantagens de cada meio é muito mais eficiente.

3- Com certeza. Inclusive, um evento como este precisa ter como audiência prioritária os anunciantes. Em nome do Grupo de Mídia de SC, faço essa solicitação, pois entendemos que as referências trazidas de mercados maiores servem de estímulo para os anunciantes locais.

Bernardo Lopes, presidente da BZZ Propaganda
1
Primeiramente quero parabenizar o Grupo RBS pelo grande evento realizado. Muito bem organizado, grandes nomes, palestras atuais, que agregaram muito para o nosso mercado.

2- A BZZ é uma agência nova, então já nasceu nesse momento de integração de meios, etc. Na verdade a gente pensa tudo junto, executa junto, dependendo da necessidade de cada campanha. Temos profissionais que vivem isso no dia-a-dia. Assim já desenvolvemos ações para vários dos nossos clientes. Criamos tv, rádio e mídia impressa em geral até ações puramente on-line. Nosso departamento de web está tão bem estruturado que 99% de ações na web, bem como websites dos nossos clientes, foram desenvolvidos dentro da BZZ.

3- Sem dúvida, acho que Santa Catarina merece um evento deste porte. Isso será muito importante para o desenvolvimente das nossas agências.

Carlo Manfroi, sócio-diretor da Qualé Digital
1- Há diversos anos no mercado publicitário, acostumado com os evento clássicos do meio, como Profissionais do Ano da Rede Globo, Festival Mundial de Publicidade de Gramado e Prêmio Abril, fui surpreendido pelo Mídia Show. O evento foi muito bem organizado, a proposta de um dia permitiu imersão total sem atrapalhar agendas de trabalho e o conteúdo foi relevante. ?? um evento que já nasceu grandioso e tem tudo para tornar-se um clássico.

2- A Qualé Digital é uma agência de conteúdo para internet, promovemos o relacionamento de nossos clientes nas redes sociais. Pelas características de nosso negócio, dificilmente trabalhamos sem integrar os meios, pois nossa estratégia digital integra os objetivos gerais de nossos clientes e suas agências. Conceitos não digitais influenciam diretamente nosso trabalho, da mesma forma que as ideias de nossa equipe para campanhas na internet repercutem nas outras mídias.

3- Não tenho dúvidas que um evento desse porte traria crescimento para os profissionais e a região. Claro que é bem-vindo.

Daniel Araújo, presidente da D/Araújo Comunicação e do Sinapro/SC
1- Como o nome já diz:??? um show???, show de palestras, de organização, de network e de iniciativa.

2- Já faz algum tempo que trabalhamos a comunicação de nossos clientes de forma integrada. Um exemplo disso é a Döhler. Com este cliente atuamos na propaganda, PDV, promoção, eventos, assessoria de comunicação, e agora vamos também gerenciar su Plataforma Digital (site institucional e de mídias sócias).

3- Plenamente. Nosso mercado é grande e merece eventos desta qualidade.

Flávio Jacques, sócio diretor da Marcca Comunicação
1- Explêndido, em forma e conteúdo. Posso afirmar, sem hesitação, que a iniciativa do grupo RBS foi essencial para o alinhamento e definição dos próximos passos do mercado de comunicação do sul do Brasil. A expertise dos palestrantes, os conteúdos, teorias, provocações e estratégias apresentadas ajudaram a entender as transformações que estão em curso, nesse revolucionário fenômeno da comunicação: o mundo digital.

2- A discussão da nova forma de fazer negócios, o exame das razões e a preparação profissional para esse momento de transformação da comunicação têm pautado o planejamento estratégico da Marcca nos últimos três anos. Nesse sentido, vários investimentos foram feitos e os resultados já começam a surgir. Nossos clientes hoje já podem contar com soluções integradas em suas campanhas, fazendo uso da multi-conectividade das diversas plataformas. No mercado local o investimento nessas ações ainda é modesto, mas aos poucos estamos observando a quebra desse paradigma e acreditamos que em pouco tempo teremos uma inversão deste cenário.

3- A Agência Marcca apoia a iniciativa do Grupo RBS e incentiva para que o evento, em sua segunda edição, aconteça em Florianópolis (capital da inovação ???Top Of Mind/2010).

Luiz Fernado Marca, Diretor Executivo T12 Propaganda - Florianópolis
1- Desde o primeiro ao último momento de contato com o Mídia Show e com a equipe de organização se percebeu a competência e profissionalismo, sempre presentes nos eventos da RBS. O conteúdo dos painéis e o perfil dos palestrantes trouxe para o evento uma variedade de opiniões e visões interessantes sobre temas importantes como: conhecimento, ferramentas de marketing, integração de plataformas tecnológicas, relacionamento com o consumidor, passado, presente e futuro, nos ajudando a pensar nas transformações pelas quais o mundo da comunicação está passando.

2- Na T12 temos procurado sensibilizar e incentivar nossos clientes a apostar na sinergia entre o online e o offline através de ações integradas e constantes. Também temos usado a ferramenta Internet como meio para relacionamento e aproximação com parceiros e consumidores, mas com a clara percepção que o cliente ainda precisa ousar mais e se abrir para as possibilidades digitais.

3- Apostamos e gostaríamos de nos engajar em um esforço para trazer o Mídiashow para Florianópolis pelo potencial tecnológico da cidade e pela oportunidade que esse evento geraria para aproximar nossos principais clientes das novidades e tendências na integração com o digital nas ações de comunicação, abrindo possibilidades de negócios para todo o trade.

Pedro Cherem, sócio-diretor da Mercado Propaganda
1- Um evento muito bom, bem organizado e com excelentes paiéis.

2- Já temos na Mercado essa cultura. Procuramos envolver nossa equipe inteira através de investimentos em capacitação e de uma constante busca de novas tecnologias e conhecimento.

3- Com certeza! Nosso mercado é bastante carente deste tipo de evento.

Rodrigo Lapolli, sócio diretor da Neovox Propaganda
1 – Acho que foi uma excelente iniciativa do grupo RBS. Foi um evento que trouxe nomes de peso, associado a um tema relevante e atual.

2- Nossa empresa hoje tem um departamento de planejamento focado em novas tecnologias e internet. Temos estudado muito o tema internamente, buscando integrar midia, atendimento e planejamento na busca eficiente para atingirmos os consumidores de uma forma efetiva e eficiente.

3- Certamente que sim, além do enriquecimento profissional, tivemos a oportunidade de unir as principais agencias catarinenses, o que também fortalece a categoria e aproxima mais seus dirigentes.

Ronaldo Koerich, diretor da Lojas Koerich e do Shopping Beiramar
1- O evento apresentou um conteúdo importante para este novo momento do mundo digital. Focou a necessidade de estarmos atentos neste mercado de grande competitividade, onde o consumidor está cada vez mais ligado e informado pelos mais diversos tipos de mídias.

2- ?? função das empresas e de suas agências conquistar, de uma forma competente e criativa, consumidores municiados de tantas informações geradas por TV, Rádio, Jornais, Revistas e agora as Redes Sociais, que se proliferam pela Internet, gerando uma comunicação partilhada que difunde rapidamente informações de toda a ordem, isto é, positivas e negativas. O crescimento do uso da internet com as mais diversas ferramentas nos proporciona condições de enviarmos mensagens de forma muito clara e assertiva para uma massa de consumidores conectados. Porém não devemos esquecer a eficiência do boca a boca e o imbatível contato pessoal a partir de um aperto de mão e de uma saudação cordial.

3- Considero válido pensar-se nele em Santa Catarina. Proporcionaria um up grade aos profissionais que atuam no marketing e na comunicação.

Rosa Estrella, presidente da Fórmula Comunicação e da ABAP-SC
1- O evento foi excelente em todos os sentidos: seu formato compacto e concentrado num único dia permitiu a participação de um grande número de empresários e executivos da comunicação. O conteúdo foi fantástico, inovador, com palestrantes de alto nível e mensagens realmente relevantes para quem atua no meio.

2- Criamos um grupo de comunicação integrada chamado COMUNICA????O 4X4, composto pela Fórmula atuando em propaganda, a In Loco em marketing promocional, a Flow no marketing de relacionamento e a Tarrafa na inteligência digital. Esse grupo trabalha em total sinergia para oferecer aos nossos clientes a solução de comunicação customizada para cada meio.

3- Claro que sim. Só abro mão de termos o Midia Show 2011 em Santa Catarina se a RBS resolver fazer em Nova York!

Wilfredo Gomes, presidente da One WG
1- Foi incrível!! Além de rever os amigos publicitários como Marcelo Serpa e vários amigos do Rio Grande e de Santa Catarina, pude mais uma vez comprovar a grande virada de estilo e participação do mercado através da brilhante condução do Duda Melzer Sirotsky e sua equipe. Foi um grande debate de ideias, princípios. Realidades e alguns sonhos.

2- A OneWG sempre teve no seu DNA a solução de mídia e integração total dos meios. Isso sempre foi e é rotina para nós!! O mundo está cada vez mais multimídia e nos não poderíamos ficar de fora. As ultimas grandes ações q fizemos para governo de Barbados, e para nossos clientes locais comprovam bem esta nossa vocação!!

3- Você é favorável e apoia a ideia de realizar esse evento em Santa Catarina?
Sem dúvida!! Santa Catarina precisa e sempre e acredito sempre estará de portas abertas para este tipo de iniciativa.

Publicidade