Publicidade
Patrocínio das marcas para o Carnaval 2023
15 de Fevereiro de 2023

Patrocínio das marcas para o Carnaval 2023

Festividade irá movimentar a economia brasileira

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

O Carnaval está próximo e promete mexer com a economia do país, com destaque para o setor hoteleiro, de alimentação e também de lazer e cultura.

Conforme projeções da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a folia deve movimentar cerca de R$ 8 bilhões neste ano.

Publicidade

Diversas marcas estão patrocinando o Carnaval em diferentes cidades brasileiras. Temos como exemplo a Ambev, que investiu no Carnaval com a Brahma, que será a bebida oficial dos blocos de rua de Florianópolis, São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, entre outras. Zé Delivery, Pepsi, TikTok e Aposta Ganha também estarão presentes nesse Carnaval. No Rio de Janeiro, a operação está sendo viabilizada pela Dream Factory. Os patrocinadores são Kwai, Zé Delivery, Águas do Rio e Elma Chips; além da patrocinadora Brahma.

O Camarote Salvador conta com 25 marcas em 2023, sendo elas: Petra, Chevrolet e TikTok como patrocinadores masters; Absolut, Beefeater, Chivas, Red Bull e Pixbet como patrocinadores e Amvox, Engoc After, John John, José Cuervo, Tônica e Zero Cal como copatrocinadores.

Já na área de merchandising estarão presentes Andorinha, Tabasco, Avatim, Schutz, Ben & Jerry’s, Meleve, Sephora, Shopping da Bahia, Stanley, Bauducco e Vida Veg.

Duda Magalhães, sócio e presidente da Dream Factory diz que, “Percebemos que existe essa oportunidade, que começa esse ano e vem como um compromisso de longo prazo, de termos um pacote nacional de carnaval de rua para oferecer para as marcas”.

Camarotes no Carnaval

Nos dias de desfiles, o Sambódromo do Anhembi recebe o Camarote Bar Brahma. A atração tem como parceiros oficiais Galera.bet, BYD, Chandon, Brimex, Bruna Tavares, Jack Daniels, Expo Center Norte, Onodera, Amázzoni Gin, Telesena, L’Occitane Au Brésil. Absolut, 51, Expo Telecom, Aqua Coco e Chopp Brahma Express. Terra entra como media partner.

Já o Camarote 011 tem como parceiros Jack Daniels, Cepêra, Copag, Tickt360, Maui Papeis, Ice Hit, Açaí Tradição, Novotel Center Norte, Vem de Glitter, Thikará Sake, BananaZinha, Ale Light, Gelo-A, Easy Booze, Baly, Engov, Bozzano, Monange, Intimus, Ipanema, Pizza Creck e Lindoya.

O camarote n°1, dentro da Marquês de Sapucaí, é viabilizado pelo patrocínio de Brahma e Johnnie Walker. Já Tuc e #TogetherBand entram como parceiros, e o Uol como media partner.

Algumas incertezas

Muitas cidades brasileiras também relatam encontrar dificuldades com patrocínios. A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), do Rio de Janeiro, por exemplo, recorreu à Brasília por falta de patrocinadores para os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial. Além disso, a Liesa já conta com a participação de nomes como Golden Cross, Águas do Rio e Light.

Para Alexandre Magno (Nenê), presidente da associação, a falta de patrocínio se dá pela falta da cobertura da grande mídia e conhecimento mais aprofundado da festa, além de questões raciais e religiosas. “Estamos trabalhando agora, inclusive, fomentando as informações da UESP, explorando sobretudo as questões sociais. Hoje, as empresas estão voltadas para essas questões do social, ambiental e de diversidade. Estamos mostrando para eles como trabalhamos isso e movimentamos essas dimensões”, explica Nenê.

 

Oriundo Meio e Mensagem

Foto:Unsplash

Publicidade
Publicidade