Publicidade
Microcervejarias artesanais apoiam a campanha Compre de SC
06 de Julho de 2018

Microcervejarias artesanais apoiam a campanha Compre de SC

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Foto: Julio Cavalheiro/Secom

 

Publicidade

“É uma campanha extremamente válida, que tem o nosso total apoio. Se tem algum lugar que conseguimos ser competitivos, é regionalmente. Em Santa Catarina, fica mais fácil de concorrer com outras marcas”, diz Mello.

O presidente da Acasc é o proprietário da marca de cerveja Itajahy, no mercado desde 2013. Atualmente, ele produz cerca de 20 mil litros por mês. A capacidade produtiva da sua fábrica, por sua vez, é de 35 mil litros mensais. “Temos, portanto, espaço para crescer mais”, afirma.

Compre de SC

Outro empresário do setor que começou em 2013 foi Filipe Correa da Costa, proprietário da marca Sambaqui. Ele faz parte das chamadas marcas ciganas, que utilizam a fábrica de outras empresas para produzir a sua cerveja. Segundo Costa, que produz de 5 a 6 mil litros por mês, a campanha “Compre de Santa Catarina” pode estimular ainda mais o consumo local.

“É uma campanha interessante por vários motivos, sendo o principal deles de valorizar o produtor local, que, por questões logísticas e fiscais, consegue ser mais competitivo em Santa Catarina. Nós apoiamos o consumo local”, opina Costa.

Santa Catarina, atualmente, disputa com Minas Gerais e Rio de Janeiro a terceira posição em número de microcervejarias artesanais. As primeiras posições são ocupadas por Rio Grande do Sul e São Paulo.

Publicidade