Publicidade
Marista Brasil promove ação com enfoque no racismo para escolas
17 de Novembro de 2023

Marista Brasil promove ação com enfoque no racismo para escolas

Campanha instiga ações que façam a diferença no combate ao sistema de opressão e desigualdades

Segundo um estudo realizado em abril de 2023, pelo Instituto de Referência Negra Peregum (IPEC) em parceria com o Projeto SETA, com 2 mil jovens negros com idade entre 16 e 24 anos, revelou que 64% dos entrevistados consideram o ambiente escolar como o local em que mais sofrem racismo.

“A violência em espaços escolares talvez seja a parte mais dramática das violências a que nossas crianças e jovens estão expostos. A escola deveria ser um ambiente seguro, de socialização. Porém, é um espaço que acaba propiciando episódios de violência física e simbólica”, comenta Ana Paula Brandão, analista e gestora do Projeto SETA.

Publicidade

Outros dados coletados pelo IPEC mostraram que 44% dos entrevistados consideram raça, cor e etnia como o principal fator gerador de desigualdades no país. Ainda referente aos números relacionados ao ensino no país, jovens negros de 14 a 29 anos são maioria nas estatísticas de evasão escolar no ensino básico. Eles somam 71,7% dos alunos que abandonam os estudos.

Com a chegada do dia da Consciência Negra, celebrado em 20/11, a agência curitibana Páprica Comunicação, em parceria com o Marista Brasil, Colégios Maristas, Escolas Champagnat, Escolas Sociais e seu próprio núcleo interno de Diversidade e Inclusão, desenvolveu uma campanha com o objetivo de conscientizar os alunos sobre a questão do racismo, instigando ações que façam a diferença no combate ao sistema de opressão e desigualdades. “Tenho orgulho de ver esse projeto na rua e perceber que está impactando muitas pessoas”, comenta Evelyn Bonatti, analista de conteúdo e responsável pela estratégia da campanha.

O mote da campanha “Consciência gera respeito, abre diálogo e inspira ação”, segue uma construção lógica: primeiro a consciência que leva ao respeito, após isso promove o diálogo e inspira a ação, destacando a importância da conscientização para uma sociedade que promove o respeito. “Desenvolver esse KV foi uma forma de trazer a representatividade negra a fim de refletirmos sobre nossa sociedade como um todo, homenageando a cultura africana e representando o seu legado que vive até hoje”, comenta Talison Nascimento, designer, membro do Comitê de Diversidade e Inclusão da Páprica e responsável pela direção de arte do KV (Key Visual).

Renan Vargas, CEO da agência Páprica, explica um pouco sobre o objetivo da campanha. “Junto com o Marista Brasil, queremos mostrar que a consciência é a capacidade de compreender e reconhecer algumas questões. Quando estamos conscientes de nossas ações, estamos propensos a compreender outras perspectivas e diferenças, gerando respeito. Outro papel da consciência, é promover a comunicação. As pessoas se tornam mais capazes de expressar suas opiniões e ouvir as dos outros de maneira empática e construtiva, abrindo novas oportunidades de diálogo”, completa. Até o final do mês de novembro, a campanha vai circular em todas as unidades do Marista no Brasil.

Créditos: Divulgação

Talison Nascimento e Renan Vargas (Créditos: Divulgação)

WhatsApp
Junte-se a nós no WhatsApp para ficar por dentro das últimas novidades! Entre no grupo

Ao entrar neste grupo do WhatsApp, você concorda com os termos e política de privacidade aplicáveis.

    Newsletter


    Publicidade