Publicidade
Dicas de como usar Machine Learning no marketing
19 de Janeiro de 2024

Dicas de como usar Machine Learning no marketing

Veja como melhorar o desempenho das suas campanhas de marketing através da IA

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Um levantamento feito pela Data-Makers e CDN, com 373 lideranças, mostra que IA será um elemento importante para novos negócios em 2024.

Uma pesquisa da Refinitiv feita com cientistas de dados e executivos mostrou que as principais razões para adotar o machine learning são: aumento da produtividade e velocidade dos processos (48%); redução de custos (50%); mais qualidade na coleta de informações (60%).

Publicidade

O machine learning, traduzido do inglês, significa aprendizado de máquina, uma técnica que abrange a ideia de que máquinas têm a capacidade de aprenderem sozinhas a partir de um grande volume de dados. Em outras palavras, é possível aumentar a nossa capacidade de resolução de problemas e antecipação de riscos, com base nos resultados levantados pelos algoritmos de aprendizado. Isso se aplica em questões relativas ao grande conjunto de dados armazenados.

Como usá-lo no marketing da sua empresa?

O marketing digital é uma estratégia que está em constante evolução para se adequar às novas tecnologias. Felizmente, o machine learning veio para ajudar e pode fazer parte deste avanço.

Com ele, é possível automatizar diversas tarefas, otimizando o tempo da sua equipe. Esta técnica pode ser usada para resolver um conjunto de problemas e aprimorar a aprendizagem não supervisionada, com a ajuda de dados, canais, conteúdo e contexto, fica muito mais simples focar em executar tarefas e pensar na estratégia como um todo.

Pensando nisso, a Gofind, empresa de soluções Online-to-Offline, listou as quatro principais aplicações do machine learning ao marketing digital:

1 . SEO
Através do machine learning, o algoritmo utilizado precisa ter o foco de fornecer a cada usuário conteúdos mais relevantes, no lugar de palavras chave apenas. Portanto, é preciso começar a pensar sobre a qualidade do seu conteúdo, como ele pode performar e classifica-se melhor nos motores de busca local.

2 . Campanhas no Google
Com os novos recursos de marketing inteligente do Google, o futuro do PPC (campanhas de pagamento por clique) acabou envolvendo também o machine learning. Para isso é preciso conhecer as métricas mais valiosas para sua empresa e focar na sua análise como: compreender os obstáculos e dificuldades para os seus objetivos; acompanhar o desempenho das suas campanhas; tomar decisões mais estratégicas; entender e saber como funcionam os novos recursos inteligentes do Google.

3 . Marketing de conteúdo
Com as ferramentas de machine learning é possível entender melhor o perfil dos seus clientes e qual caminho eles percorrem para chegar até você. Isso te ajuda a rastrear os conteúdos mais relevantes para ele e o que ele gosta de consumir.

4 . Link Building
Após o lançamento do algoritmo Penguin, pelo Google, que penalizava negócios que praticavam a compra de links em outros sites, o link building evoluiu. Agora, o profissional de marketing precisa investir em conteúdo de reconhecimento de marca, através de artigos que mencionam sua empresa e pesquisa de conteúdo relevante em sites parceiros em vez de simplesmente comprar seus links.

Foto:Unsplash

Publicidade
Publicidade