Publicidade
Operações com Pix cresce entre empresas
15 de Janeiro de 2024

Operações com Pix cresce entre empresas

Transações realizadas via código de barras têm caído 15% a cada mês

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

O Pix comemorou 3 anos de existência no final de 2023, e já promoveu mudanças significativas na vida dos brasileiros e das empresas.

A VR, ecossistema de negócios em mobilidade, gerenciamento de capital humano, benefícios em alimentação e soluções financeiras, foi uma das pioneiras como participante direto do Pix em 2020 e acompanhou ao longo do ano passado a evolução do uso do pagamento instantâneo em suas operações. Segundo apurado, o volume de transações pela modalidade aumentou em 7 vezes.

Publicidade

Na VR, a mudança iniciou em dezembro de 2023 em um formato híbrido de pagamento (com uso do código de barras e do QR Code para o pagamento instantâneo) para uma base de clientes-teste. Entre janeiro e março de 2023, toda a carteira já havia feito a migração para o novo modelo, cerca de 85 mil empresas-clientes. Desde então, os pagamentos exclusivos por códigos de barra passaram a cair cerca de 15% a cada mês, abrindo espaço para o Pix. Em agosto, 25% da base já optava pelo pagamento exclusivamente. Apenas 1% daqueles que adotaram o pagamento instantâneo expressaram o desejo, em algum momento, de retornar ao modelo de boleto híbrido.

De acordo com Renato Teixeira, diretor-executivo de Produtos e Plataformas na VR, a modalidade Pix é um avanço significativo, especialmente para os pequenos e médios negócios, porque simplifica e adiciona tecnologia no dia a dia. “A digitalização das transações representa agilidade e redução de custos para os empreendedores e nós na VR apoiamos políticas que contribuam com as atividades produtivas e que incentivam a formalização e o crescimento das micro, pequenas, médias e grandes empresas. Oferecer o pagamento instantâneo representa o nosso compromisso com o cliente”, afirma o executivo.

A grande vantagem de pagamento com Pix para as empresas contratantes dos serviços VR, seja de alimentação, seja de refeição ou mobilidade, é o crédito disponibilizado para os funcionários no mesmo instante. Antes, o pagamento era feito segundo os prazos de transferências bancárias em dias úteis. Além disso, em situações, de um novo empregado contratado ou perda de cartão, para citar exemplos, havia a necessidade de aguardar o próximo vencimento ou virada de folha de pagamento para fazer um novo crédito.

O Pix também é utilizado no ecossistema VR em outras modalidades, como os reembolsos. Os estabelecimentos comerciais que recebem os pagamentos dos clientes com os cartões VR também são creditados pela modalidade.

Foto: Divulgação

 

Publicidade
Publicidade