Publicidade
Conheça as vencedoras de Santa Catarina do Prêmio Mulher edição 2024
24 de Maio de 2024

Conheça as vencedoras de Santa Catarina do Prêmio Mulher edição 2024

Competição é promovida pela ArcelorMittal

Publicidade

A noite do dia 22 de maio de 2024 foi marcada por emoção e celebração durante a cerimônia de revelação das vencedoras do Prêmio Mulher ArcelorMittal. Em sua terceira edição, o prêmio reconheceu o talento e a dedicação de mulheres que lideram projetos transformadores no Espírito Santo, Ceará e Santa Catarina. A premiação, transmitida ao vivo pelo YouTube, permitiu que o público acompanhasse em tempo real os anúncios das vencedoras em cada uma das seis categorias: academia, imprensa, empresa privada (dividida em duas subcategorias), poder público, terceiro setor e empregada ArcelorMittal.

O evento contou com a presença de finalistas, representantes da ArcelorMittal, imprensa e outros convidados. Para o CEO ArcelorMittal Aços Planos América Latina, Jorge Oliveira, a premiação é uma oportunidade única de destacar e incentivar o papel vital das mulheres em diversas áreas. “O Prêmio Mulher ArcelorMittal não é apenas uma celebração do talento e da dedicação dessas mulheres extraordinárias, mas também um reconhecimento do impacto transformador que elas têm em suas comunidades e setores. A cada edição, reafirmamos nosso compromisso com a igualdade de oportunidades e com a valorização do protagonismo feminino, elementos fundamentais para construirmos uma sociedade mais justa e inovadora”, afirmou.

Publicidade

O diretor da ArcelorMittal em Santa Catarina, Sandro Sambaqui, ressalta o papel essencial das empresas em promover a diversidade e inclusão.
“Empresas como a ArcelorMittal possuem um papel essencial na construção de ambientes de trabalho mais diversos e inclusivos, e o Prêmio Mulher é uma das ações que nos ajudam a promover esta mudança, não só no trabalho, mas também na sociedade. Quando destacamos os projetos destas mulheres através da premiação, colocamos em evidência o papel transformador que elas exercem em suas comunidades, possibilitando que a sociedade também as reconheça, valorize-as e compartilhe suas iniciativas.”

Vencedoras de Santa Catarina:

Acadêmicas
Luana Emmendoerfer – Projeto “Framework para Sistema de Inteligência Turística suportado pela Governança do Conhecimento”

Empregadas ArcelorMittal
Ximena Sales de Aguiar Barreto e coautora Ana Beatriz Diniz Batista de Aguiar Teixeira – Projeto “Saúde Total”

Empresa Privada (Subcategoria 1)
Elisangela da Nhaia – Projeto “Tapetes Higiênicos Reutilizáveis”

Empresa Privada (Subcategoria 2)
Laine Valgas Kulevicz da Silva – Projeto “Seriado de TV ‘Fique Bem’ – Cuidando da Saúde Mental e Emocional do Telespectador”

Imprensa
Caroline Borges – Reportagem “ReabilitaCão: projeto de SC acolhe cães abandonados, ensina profissão a detentos e inspira iniciativa nacional”

Setor Público
Adriana Falcão Loth e coautora Fernanda Andreia de Azevedo Stolf – Projeto “Programa Rede de Oportunidades”

Terceiro Setor
Nadine Heisler – Projeto “Instituto Domlexia”

Para conhecer as outras finalistas, visite brasil.arcelormittal.com/premiomulher

A premiação

Desde 2019, o Prêmio Mulher ArcelorMittal vem destacando e valorizando o protagonismo feminino na sociedade, capacitando mulheres e ampliando seu impacto positivo. A iniciativa reafirma o compromisso da ArcelorMittal em promover a igualdade de oportunidades e reconhecer o talento feminino.

A premiação é voltada para mulheres cis e transgêneros, maiores de 18 anos, residentes nos estados participantes, que lideram projetos impactantes nas esferas privada, pública ou do terceiro setor. Os projetos foram rigorosamente avaliados por uma Comissão Julgadora, composta por especialistas que consideraram critérios como criatividade, sustentabilidade, impacto, qualidade, clareza e potencial de transformação.

Cada vencedora recebe um cartão-presente no valor de R$ 5 mil, um certificado, troféu e um pingente exclusivo, oferecido pela ArcelorMittal. Além disso, todas as 77 finalistas tiveram a oportunidade de participar de um treinamento exclusivo de 32 horas, realizado nos seus respectivos estados.

Publicidade
Publicidade