Publicidade
ARTIGO | 10 dicas para organizar os próximos passos de uma startup
27 de Maio de 2024

ARTIGO | 10 dicas para organizar os próximos passos de uma startup

Muitos negócios fecham por falta de planejamento

Publicidade

*Por Carolina Gilberti

O planejamento é, de fato, o principal aliado de empreendedores, independentemente da fase em que o negócio se encontra. Organizar os próximos passos de uma empresa garante projeção de tudo aquilo que se deseja alcançar dentro de um período específico.

Publicidade

Uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que as empresas brasileiras sobrevivem, em média, dez anos. As organizações menores e os estabelecimentos comerciais são os que mais fecham as portas. Isso acontece, na maioria das vezes, não por falta de cliente ou dinheiro, e sim por falta de planejamento.

Para garantir um crescimento sustentável, algumas ações são essenciais:

Defina objetivos

Tenha clareza sobre quais são os objetivos da startup em curto, médio e longo prazo. Isso pode incluir metas de vendas, expansão para novos mercados e lançamento de produtos ou serviços.

Priorize tarefas e projetos

Identifique quais são as atividades e os projetos mais importantes para alcançar os objetivos. Priorize-os com base no impacto que terão no crescimento da startup e na capacidade da equipe de executá-los.

Crie um plano de ação

Para cada objetivo ou projeto prioritário, desenvolva um plano de ação detalhado que inclua as etapas necessárias, os responsáveis por cada tarefa, os prazos e os recursos.

Investimentos

Analise tempo, dinheiro e talento da equipe e aloque-os de forma eficiente para iniciativas prioritárias. Isso pode envolver a contratação de novos membros na equipe, a busca por investimentos adicionais ou a otimização dos processos internos. Para que uma startup cresça e se torne escalável, é preciso buscar capital não somente do próprio bolso, mas também de investidores-anjos ou de fundos. Lembrando que ao abrir para investimento, o empreendedor também vai precisar revelar números, objetivos e planejamento da empresa.

Estabeleça métricas

Defina métricas claras para acompanhar o progresso em direção aos objetivos, o que inclui indicadores de desempenho de produto, financeiros e de aquisição de clientes. Tenha muito bem definido quais ações e propósitos deseja realizar, além do quanto será necessário investir e qual a previsão de retorno.

Flexibilidade

Embora seja importante ter um plano estruturado, também é essencial manter a flexibilidade para se adaptar às mudanças nas condições do mercado ou nos objetivos da empresa. Assim, esteja preparado para ajustar as estratégias conforme necessário.

Comunicação

Mantenha a equipe informada sobre os próximos passos da startup e seu papel no processo. Estabeleça uma comunicação aberta e transparente para garantir que todos estejam alinhados. Reconheça o trabalho árduo e celebre os marcos alcançados para manter a motivação e o engajamento.

Feedbacks

Esteja aberto a receber feedbacks e use-os para melhorar os planos e as estratégias. Vale lembrar que aprender com os erros é essencial para o crescimento de uma empresa inovadora.

Faça ajustes

Revise o progresso em relação aos propósitos e faça ajustes. O ambiente de negócios é dinâmico, por isso é importante adaptar-se às mudanças para garantir o sucesso contínuo da startup.

Gestão de tempo

Empreender exige que o profissional seja multitarefa. No entanto, se não houver planejamento, é possível enfrentar dificuldades no meio do caminho. O ideal é acrescentar bons hábitos, ferramentas de gestão de tempo e encontrar parceiros com características que complementem as suas.

*Por Carolina Gilberti, CEO da Mubius Womentech Mubius WomenTech Ventures.

Foto: Freepik

Publicidade
Publicidade