Publicidade
Kantar Ibope responde questionamento do AcontecendoAqui sobre uso indevido de dados
29 de Junho de 2023

Kantar Ibope responde questionamento do AcontecendoAqui sobre uso indevido de dados

Publicação de Comunicado sobre o assunto surpreende mercado catarinense que pede transparência

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Na última segunda-feira, 26/6, o Kantar Ibope Media distribuiu COMUNICADO que denunciava uso indevido de seus dados por uma emissora de TV em Santa Catarina. Acesse aqui nossa publicação referente ao assunto. Em poucas horas a publicação alcançou o primeiro lugar no Trending do portal, demonstrando o impacto que a notícia causou junto ao mercado. Durante todo o dia 27/6, nossa redação recebeu vários contatos por mensagens e telefonemas de entidades, agências e veículos que buscavam saber qual empresa era alvo de referida denúncia e o material distribuído conforme relata o Comunicado da Kantar.

Diante da repercussão e, para o bem do mercado, este portal procurou a Kantar para apurar informações que pudessem esclarecer as dúvidas já mencionadas. Sem essas informações fica a dúvida sobre duas emissoras que operam em Santa Catarina (NDTV e TVBV) e que não assinam os relatórios da Kantar. Confira as respostas mais adiante. Também enviamos para o Sinapro SC e ACAERT, um pedido de manifestação a respeito desse comunicado, na forma e no conteúdo.

Publicidade

Acaert
“Acaert não se manifestará sobre este assunto”.

Luís Gustavo Fusinato, diretor de Conteúdo das ACAERT-Associação Catarinense das Emissoras de Rádio e Televisão

Sinapro SC
“Esse tipo de atitude é lamentável para o mercado da Propaganda Catarinense. Hoje, a importância da clareza de dados e a segurança da informação é de fundamental importância para tomada de decisões das agências e departamento de marketing na hora da escolha do melhor meio e veículo que atinja os objetivos da campanha.
A profissionalização do mercado passa por uma conscientização coletiva que com isso todo nosso trade de comunicação sai enfraquecido.
Aguardamos maiores esclarecimentos e informações pela Kantar para que possamos ter dados e números reais de quem realmente está se utilizando de forma ilegal as devidas informações.”

Élan Correia presidente do Sinapro SC-Sindicato das Agências de Propaganda do Estado de Santa Catarina

 

Esclarecimentos

Nosso contato com a Kantar visou esclarecer pontos acusados no comunicado: Quem fez uso indevido dos dados? Quais materiais foram produzidos e distribuídos ao mercado? Acesso público no site e proibição de reprodução. Perguntamos também sobre a ampliação de lares com o people meter na Grande Florianópolis. Confira a seguir as perguntas e respostas.

1 – O Comunicado informa que os dados do PAINEL SANTA CATARINA foram copiados do site da Kantar. Uma vez exposto no site, não estaria sendo dado acesso público aos dados?

Resposta: O Painel Santa Catarina é um relatório produzido pela Kantar IBOPE Media com o objetivo de analisar os dados de consumo do estado. Os dados contidos no estudo não são sigilosos. Porém, conforme acordado com o mercado, as citações aos materiais produzidos, bem como dados das soluções, como, por exemplo, rankings de audiência, só podem ser reproduzidos com a devida autorização da Kantar IBOPE Media, respeitando as regras de divulgação, suas metodologias e com o devido crédito para as ferramentas utilizadas para extrair as análises.

2 – É do conhecimento do mercado que a Kantar aumentou o número de people meter na Grande Florianópolis. Isso é um pleito antigo do trade local. Para qual quantidade? Qual a cobertura adquirida com esse aumento e os benefícios para os anunciantes?

Resposta: A Kantar IBOPE Media realizou, a partir de agosto de 2021, um processo de expansão do número de medidores instalados na Região Metropolitana de Florianópolis, seguindo um acordo estabelecido com seus clientes na região. O aumento no número de medidores faz parte do contínuo processo de evolução do ecossistema de medição de audiência, com o objetivo de trazer a veículos, agências e anunciantes um dado cada vez mais assertivo sobre os hábitos de consumo de mídia. Nossos painéis permitem o acompanhamento em tempo real do consumo de mídia em um total de aproximadamente 800 pessoas, 24h por dia, minuto a minuto, fornecendo ao mercado publicitário métricas fundamentais para embasar as tomadas de decisão. Os medidores são instalados em todos os aparelhos de televisão dos 290 domicílios contratados, medindo todos os residentes em conjunto ou individualmente.

N. R. Por muitos anos o número de people meter instalados e medindo audiência de TV na Grande Florianópolis foi 225 aparelhos.

3 – Quem reproduziu os dados indevidamente e como foram usados para distribuição ao mercado? Como há duas emissoras não assinantes, o mercado está querendo saber quais dados eles têm em mãos que foram “fabricados” usando dados Kantar.

Resposta: A Kantar IBOPE Media se reserva, por questões jurídicas, de não levar a público o nome da empresa que utilizou seus dados sem a devida permissão. Ademais, reforçamos que citações aos materiais produzidos pela companhia só podem ser reproduzidos com a devida autorização da Kantar IBOPE Media, respeitando as regras de divulgação, suas metodologias e com o devido crédito para as ferramentas utilizadas para extrair as análises.

4 – A Kantar pretende tomar medidas judiciais com quem fez uso indevido dos referidos dados?

Resposta: A Kantar IBOPE Media não comenta sobre questões jurídicas.

N. E. O Comunicado da Kantar acusando o uso indevido de seus dados sem indicar o nome da empresa que o fez cria uma desconfiança prejudicial para empresas que não assinam seus contratos. Este portal considera que as respostas concedidas pela Kantar ao seu questionamento frustram seus leitores que continuam sem o esclarecimento também requerido pelo Sinapro SC.

Publicidade
Publicidade