Publicidade
Tecnologia e Educação: 6 Tendências para EdTechs em 2024
07 de Fevereiro de 2024

Tecnologia e Educação: 6 Tendências para EdTechs em 2024

Edtech brasileira fez um levantamento dos principais acontecimentos do setor nos últimos dois anos

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

A tecnologia desempenha um papel cada vez mais importante na educação, transformando a forma como os alunos aprendem e os professores ensinam.

Com a aceleração da transformação digital no setor educacional, as EdTechs têm se destacado como protagonistas dessa revolução, oferecendo soluções inovadoras que impulsionam a qualidade e a acessibilidade da educação.

Publicidade

Neste contexto, o Saber em Rede, Edtech brasileira responsável por promover conexões entre instituições de ensino, pessoas interessadas em vender cursos e alunos que buscam as melhores condições para estudar, fez um levantamento dos principais acontecimentos do setor nos últimos anos e elencou seis tendências para 2024, são elas:

1. Aprendizagem Personalizada: Com a diversidade de estilos de aprendizagem e ritmos de cada aluno, a personalização do ensino será uma prioridade para as EdTechs. Por meio de algoritmos de inteligência artificial e análise de dados, as plataformas educacionais serão capazes de oferecer conteúdos e atividades adaptados às necessidades individuais de cada estudante.

2. Realidade Virtual e Aumentada: A RV e a RA têm o potencial de transformar a experiência de aprendizagem, permitindo que os alunos explorem ambientes virtuais imersivos e interajam com objetos tridimensionais. As Instituições de Ensino irão investir em soluções que utilizam essas tecnologias para enriquecer o ensino de disciplinas como ciências, história e geografia.

3. Inteligência Artificial na Avaliação: A IA será uma aliada na avaliação dos alunos, permitindo a correção automática de provas e a análise de respostas discursivas. Além disso, as Instituições de Ensino poderão utilizar algoritmos de IA para identificar lacunas de conhecimento e recomendar atividades de reforço personalizadas.

4. Microlearning: Com a crescente demanda por aprendizado contínuo e flexível, o microlearning ganhará destaque em 2024. As Instituições irão oferecer conteúdos educacionais em formatos curtos e objetivos, como vídeos, podcasts e quizzes, que podem ser acessados a qualquer momento e em qualquer lugar.

5. Educação Híbrida: A pandemia acelerou a adoção do ensino híbrido, que combina aulas presenciais e online. Em 2024, as EdTechs irão aprimorar suas soluções para atender às demandas dessa modalidade, oferecendo plataformas integradas que permitem a interação entre alunos e professores, independentemente do ambiente de ensino.

6. Captação inteligente de alunos: O uso de estratégias mais eficazes para a captação de alunos, especialmente no ensino superior, também será destaque. Conhecimento na área de marketing, como o de afiliação e tráfego pago, estarão entre os planos adotados com mais frequência pelas universidades.

“As EdTechs têm um papel fundamental na construção do futuro da educação, e é essencial que estejamos atentos às demandas e às expectativas dos alunos e educadores. Estamos comprometidos em desenvolver soluções tecnológicas que impulsionam a qualidade e a acessibilidade da educação, contribuindo para a formação de uma sociedade mais preparada e inclusiva”, afirma Laina Martins, CEO do Saber em Rede.

Foto:Pexels

Publicidade
Publicidade