Publicidade
O que torna uma NFT desejável?
08 de Julho de 2022

O que torna uma NFT desejável?

Da comunidade à raridade, três fatores podem influenciar a popularidade de um NFT entre os colecionadores

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Os NFTs estão crescendo em popularidade ao redor do mundo, e entender a cultura que os cerca é fundamental para compreender por que alguns projetos se tornam mais populares do que outros. Mas o que são as NFTs?! NFT significa ‘token não fungível’. São ativos únicos e insubstituíveis que vivem no blockchain. Ativos no jogo, arte digital e projetos relacionados à colecionáveis são os mais proeminentes.

Segundo Jeff Zeller, Diretor Sênior de Parcerias e Negócios de NFT da Crypto.com, ao avaliar um NFT, o primeiro fator a ser observado é a capacidade de coleta. “Isso é algo que as pessoas acham interessante e podem apreciar? A colecionabilidade pode ser definida pela raridade, estilo e arte”.

Publicidade

Zeller explica que a raridade determina a escassez, e isso pode aumentar o interesse. “Ao olhar para coleções como EtherRocks, existem apenas 100 rochas e são um dos projetos NFT mais antigos até hoje. Alguns dos NFTs, dentro de uma coleção, também podem ser mais raros do que outros”.

Outro ponto importante, é que estamos na era do estilo de pixel. Ao olhar para alguns dos projetos NFT mais antigos no Ethereum, como ‘CryptoPunks’ ou ‘EtherRocks’, a arte pode parecer mais velha em comparação com outros projetos. Então, a gente se pergunta: por que alguns estão vendendo por milhões? A resposta é simples: o valor aumentou exponencialmente nestes projetos mais antigos, porque são NFTs Ethereum legados. “Isso torna esses tipos de projetos raros, únicos em estilo e simbólicos dos primeiros dias do NFT. Muitos consideram os NFTs o início de um novo movimento artístico, esperando que as primeiras peças possam ser inestimáveis no futuro”, explica ele.

 

Comunidade

A maioria dos NFTs oferecem acesso a uma comunidade, eventos e lançamentos aéreos. Por exemplo, cada titular de ‘Loaded Lions’ recebeu um airdrop de sua segunda coleção: ‘Cyber Cubs’. Para muitos, esses benefícios adicionais são a principal motivação para comprar um NFT. Sendo assim, saber que a equipe tem planos para fazer esses eventos ou benefícios exclusivos é uma ótima maneira de ter uma noção da seriedade da equipe por trás de um projeto NFT.

“Mergulhar em uma comunidade antes de comprar é uma ótima maneira de determinar a popularidade de um projeto. Celebridades como Eminem, Post Malone e Snoop Dogg compraram um Bored Ape e, como resultado, podem impulsionar a demanda por um projeto NFT”, adianta Zeller.

Mercado

Os NFTs movimentaram, de janeiro a abril de 2022, cerca de R $144 bilhões (US $30 bilhões), segundo uma pesquisa da Chainalysis. Apesar da quantia ser alta e estar próxima de superar a marca total de 2021, ano em que os tokens movimentaram R $192 bilhões (US $40 bilhões), o volume de transações é bem menor.

Um levantamento do NonFungible mostra que a média diária de negociações caiu mais de 90%. O resultado foi observado com base na média diária de janeiro até maio, que tem sido de quase 20 mil – bem menos do que no ano passado. Essa redução também é observada no número de carteiras ativas. No início de maio, havia cerca de 14 mil, um recuo de 88%. Mas será que é o fim das NFTs? É claro que não.

Para os especialistas, toda tecnologia tem um momento de explosão e depois dá uma esfriada até chegar num ponto de equilíbrio. Ele acredita que essa tecnologia está entrando em uma fase de maturidade e estabilização do mercado.

Com um mercado que aponta para a estabilidade, antes de explorar as NFTs acompanhe esses três pontos: quão colecionável é – determinado pela arte, estilo e raridade; oferece benefícios e utilidades extras descritos em um roteiro; e o projeto é apoiado por uma comunidade ativa? Com essas respostas, você pode investir e aproveitar essa tecnologia que veio para ficar!

 

Foto do topo de Uzunov Rostislav no Pexels.

Publicidade
Publicidade