Meta, de Mark Zuckerberg, poderá manter o nome no Brasil
19 de Março de 2024

Meta, de Mark Zuckerberg, poderá manter o nome no Brasil

Justiça suspendeu decisão que impediria o uso do nome Meta no país

Twitter Whatsapp Facebook

Em meados de 2021, ano em que o metaverso ganhou mais destaque, Mark Zuckerberg anunciou que o Facebook receberia um novo nome corporativo: Meta.

Quase 3 anos depois da dona do Facebook, Instagram e WhatsApp estar popularizada com o nome Meta, a empresa brasileira Meta Serviços em Informática – no final de fevereiro – entrou com ação processual contra a gigante norte-americana. O motivo? A empresa alegou ter prejuízos após o rebranding do Facebook, recebendo diversos processos judiciais que deveriam ser direcionados à empresa de Zuckerberg.

Publicidade

Por esse motivo, no final de fevereiro deste ano, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) determinou que a Meta Platforms deixasse de usar a sua marca no Brasil.

Porém, na semana passada, em uma recente decisão, a justiça acatou recurso da Meta e suspendeu a proibição do uso do nome Meta no Brasil. A partir de agora, a brasileira Meta Serviços em Informática, que inicialmente processou a empresa norte-americana, poderá recorrer.

Foto:Unsplash

Publicidade