Publicidade
Melhoria da conectividade e inovação da tecnologia 5G em Santa Catarina
31 de Maio de 2024

Melhoria da conectividade e inovação da tecnologia 5G em Santa Catarina

Na mesa de discussão, Governo do Estado e Anatel

Publicidade

Na última terça-feira, 28/5, o governador do Estado de Santa Catarina Jorginho Mello juntamente com o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcelo Fett, recebeu uma comitiva de representantes da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para discutir um plano de fortalecimento e melhoria da conectividade e de desenvolvimento de novas aplicações a partir da nova tecnologia 5G em Santa Catarina.

Em pauta, a implementação de um programa pioneiro no Brasil para o desenvolvimento de novas aplicações a partir da tecnologia 5G utilizando a Rede Catarinense de Centro de Inovação para melhorar ainda mais a conectividade e a aplicabilidade da tecnologia 5G em SC. A Anatel manifestou interesse em começar pelo Estado uma parceria de inovação aberta focada em ampliar a usabilidade do 5G privado, principalmente, no setor produtivo catarinense com foco na indústria 4.0.

Publicidade

Além disso, os representantes da agência reguladora observaram ao governador que os centros de inovação podem ser os alicerces na busca do desenvolvimento econômico, sendo utilizados para criação de polos de inovação com o suporte e parceria da agência.

“O governador Jorginho Mello quer ampliar e melhorar a conectividade em Santa Catarina e aproveitar o que a tecnologia 5G tem de melhor, que não é apenas conectar pessoas, mas, principalmente, conectar máquinas e equipamentos fomentando novos produtos, novos processos e novos modelos de negócios fundamentais o desenvolvimento de uma nova economia, internet da coisas, a indústria 4.0, aumentado a competitividade do setor produtivo estadual, em especial da indústria”, enfatiza o secretário Fett.

Durante a reunião, o governador cobrou dos representantes da ANATEL a criação de uma solução que emita um alerta para pessoas que estejam em áreas com risco de enchentes ou desastres naturais a partir da localização do aparelho celular e independente da operadora. “O governador Jorginho Mello quer a tecnologia ajudando a prevenir e salvar vidas protegendo quem mora em Santa Catarina de eventos climáticos que podem ser previstos e avisados e essa parceria com a Anatel pode viabilizar isso”, ressalta Fett.

O encontro desta semana no gabinete do Centro Administrativo contou com a participação do também do presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc), Fábio Wagner, da Diretora de CTI da Fapesc, Valeska Tratsk, além de representantes da área de inovação e conectividade no Estado.

Oriundo da Agência de Notícias do Governo de Santa Catarina – Foto: Roberto Zacarias/ Governo do Estado de Santa Catarina

Publicidade
Publicidade