Publicidade
Artigo: “O bom é inimigo do ótimo em sua presença digital” – Por Sandro Alencar Fernandes
05 de Outubro de 2015

Artigo: “O bom é inimigo do ótimo em sua presença digital” – Por Sandro Alencar Fernandes

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Por Sandro Alencar Fernandes*

Quando as páginas web surgiram, qualquer assunto virava uma “home page” eram tags HTML simples usadas para dispor textos, imagens, fotos e tabelas. Navegação através de hiperlinks e assim de forma direta o conteúdo foi se espalhando na Internet. 

Publicidade

Vieram gif’s animados, layouts baseados em tabelas, sites em Flash, CSS,Ajax, Javascript, HTML 5, sites responsivos e frameworks como o Bootstrap, por exemplo. 

Essa evolução praticamente tornou infinita as formas de desenvolver sites, portais, intranets e sistemas na web. Porém, o conteúdo continua ainda sendo o ponto chave de qualquer estratégia na Internet. O que move o interesse do usuário e o compartilhamento é o quanto esse conteúdo é interessante, inédito e relevante.

Ao mencionar que o bom é inimigo do ótimo em sua presença digital, quero chamar a atenção do empresário, profissional liberal, CMOs e qualquer pessoa que seja responsável por planejar e definir sobre um conteúdo que será difundido na Web para a importância acima de tudo de ter agilidade em definir, agregar, redigir, desenvolver e publicar esse conteúdo. Seja na forma de um banner, infográfico, site, e-mail marketing, enfim, qualquer tipo. 

Digo isso, pois ao longo de mais de uma década de atuação no mercado digital e produzindo esses jobs, muitas vezes nos deparamos com projetos que literalmente ficam na gaveta, perdendo tempo em ambientes de desenvolvimento por que o responsável, o dono, ou sei lá quem não disse como quer o conteúdo, não achou legal a fonte, não está gostando da imagem, seus astros não estão alinhados com saturno ou sei lá qual a desculpa. Porém, enquanto isso não se define o projeto não vai pro ar, o banner demora três dias a mais para ser publicado o site fica seis meses dentro da agência por causa do conteúdo de uma única página o e-mail marketing atrasa uma semana e aí podemos citar uma enorme quantidade de situações.

E enquanto o projeto fica travado o concorrente já lançou seu site e o Google já o está listando; o e-mail marketing do concorrente está sendo aberto; o usuário decidiu cotar com outra empresa que viu em um banner; há milhares de pessoas curtindo a postagem legal de outra empresa, enfim, você perdeu. Sua ação demorou para começar a gerar leads, ser compartilhada ou acessada. Isso porque você está sendo crítico com algo que só você, em milhares, consegue perceber. 

Claro, revisar e priorizar a qualidade é indiscutível, mas a linha é muito tênue e você pode estar sendo demasiadamente detalhista. Assim sempre se pergunte, essa mudança que estou pedindo afeta em que para o meu cliente ou público-alvo da campanha? Se a resposta não for clara e convincente é provável que você esteja perdendo tempo com coisas banais e prejudicando seu resultado em razão de uma perfeição que só você enxerga. 

Bom, tome cuidado com isso e coloque suas ações em prática e na rua, melhor colocar antes que o concorrente e ter que corrigir algo do que sair atrás dele. Não é? 

 

*Sandro Alencar Fernandes é Diretor Integração Nacional ABRADi, ex presidente da ABRADi-SC e diretor da Área Local Produtora Digital.

 

Publicidade
Publicidade