Publicidade
Proactiva Meio Ambiente Brasil promove concurso de máscaras para preservação do meio ambiente
12 de Fevereiro de 2007

Proactiva Meio Ambiente Brasil promove concurso de máscaras para preservação do meio ambiente

Publicidade

12-02-07 – A PROACTIVA Meio Ambiente Brasil, promove o concurso Máscaras ao Redor do Mundo nas cidades de Palhoça, Garopaba, Biguaçu e Tijucas, em Santa Catarina, e Barueri, em São Paulo. O concurso promovido por empresas do grupo Veolia Environnement é uma campanha de sensibilização para a preservação do meio ambiente que atinge crianças de oito a 11 anos.

Publicidade

Através do concurso, as crianças vão perceber o quanto é importante respeitar o equilíbrio natural do planeta e preservar a harmonia que existe entre os seres humanos e o meio ambiente, explica o diretor operacional da PROACTIVA Meio Ambiente Brasil em Florianópolis, José Luiz Piccoli.

Como funciona

As máscaras podem ser confeccionadas com qualquer tipo de material, porém, devem ter, no máximo, 30 cm x 40 cm. Cada classe irá produzir uma máscara e um conto, lenda ou história que explique o significado e a importância daquele objeto. As máscaras vencedoras de cada país ficarão expostas no Museu do Cais de Branly, em Paris. Dois alunos da escola ganhadora irão à França com tudo pago para participar da inauguração da exposição Máscaras ao redor do mundo, que reunirá além do material criado pelos alunos de 22 países, obras que representam as histórias de vida entre o homem e a natureza nas mais diversas culturas.

A final regional será dia 23 de março e as salas vencedoras das escolas de Santa Catarina ganham como prêmio um passeio no Parque e Zoológico Santur, em Balneário Camboriú. Já a classe vencedora de Barueri ganha um passeio no Zoológico de São Paulo. A final nacional acontece na primeira quinzena de abril e os vencedores viajam para Paris, em julho, acompanhados de um professor, pai ou responsável e um representante da PROACTIVA. O concurso tem o apoio da Cátedra da Unesco para a Educação e o Desenvolvimento Sustentável, Comissão Nacional Francesa para a Educação na Unesco, Airfrance e Museu do Cais de Branly.

A expectativa dos organizadores para este ano é de que aproximadamente 30 mil crianças espalhadas pelos cinco continentes participem do concurso, que em 2006 reuniu 33 mil alunos, de 23 países, para desenhar como gostariam que fosse a comunidade onde moram. No Brasil, participaram 22 escolas e 2,4 mil crianças, sendo que a vencedora foi a Escola Reunida Aririu da Formiga, de Palhoça.

Publicidade