Publicidade
As plataformas sociais estão começando a se assemelhar
11 de Janeiro de 2021

As plataformas sociais estão começando a se assemelhar

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

 

Nunca nas últimas duas décadas da história da mídia social os recursos, formatos de anúncios e outras iniciativas de negócios das quatro principais plataformas sociais pareceram tão semelhantes quanto hoje. Mas eles não se parecem apenas – muitas das novas ofertas das plataformas sociais são uma homenagem a TikTok, a estrela social emergente de 2020.

Publicidade

Essa é uma grande mudança em relação aos anos anteriores, quando as redes sociais tentavam atrair público diferenciando-se. Lembra quando o Twitter começou a se autodenominar um aplicativo de notícias em 2016? Ela chegou a remover seu aplicativo da categoria de rede social em lojas de aplicativos móveis e colocá-lo na seção de notícias.

Isso não quer dizer que as plataformas sociais nunca tiraram as páginas dos manuais umas das outras: o Instagram “roubou” histórias do Snapchat em 2016 e, sem dúvida, tornou o formato mais bem-sucedido. Avance até hoje, e o Facebook integrou um recurso semelhante ao Stories em todos os seus aplicativos, incluindo WhatsApp e Messenger, e o Twitter agora tem seu próprio recurso de foto e vídeo que desaparece, Fleets.

Mas, embora a mudança possa ter acontecido antes de 2020, a pandemia aumentou muito a velocidade com que essas mudanças estão acontecendo. Como a pandemia impulsionou o uso da mídia social – especialmente no TikTok – e diminuiu temporariamente os gastos com publicidade, Facebook, Instagram, Snapchat, Twitter e outros rapidamente implementaram novos serviços para reter usuários e diversificar seus fluxos de receita.

O resultado? Uma nova ordem mundial nas redes sociais, onde as plataformas têm mais coisas em comum.

Oriundo do eMarketer com texto de Jasmine Enberg – Para a íntegra em inglês, clique aqui.

Publicidade
Publicidade