O comercial do Banco do Brasil que foi vetado por Bolsonaro

25 de Abril de 2019

Meios de comunicação especializados repercutem demissão do diretor de comunicação e marketing do banco

O comercial do Banco do Brasil que aborda a diversidade foi vetado pelo presidente Jair Bolsonaro por motivos ainda não conhecidos. Na tarde desta quinta-feira, o Palácio do Planalto derrubou um comercial do Banco do Brasil estrelado por atores e atrizes negros e jovens tatuados usando anéis e cabelos compridos. Como você pode conferir no vídeo que está postado abaixo, o comercial é marcadamente dirigido aos jovens, público-alvo que o Banco do Brasil quer atrair como clientes.

O que teria desagradado ao Presidente da República? A diversidade? A música? A mensagem? Ninguém explica o que tem de tão grave no vídeo que mereceu a interferência pessoal de Jair Bolsonaro

Segundo nota de Gabriel Mascarenhas, Globo.com, "o episódio prova que a crise não é pequena, um executivo de alto escalão pagou por ela. O diretor de Comunicação e Marketing do BB, Delano Valentim, caiu da cadeira. Rubem Novaes admite que Bolsonaro não gostou do resultado da campanha, mas encampa a posição do chefe. Não especifica, porém, o que, exatamente, ele e o capitão reprovaram."

 

Notícias Relacionadas