Publicidade
Evolução das agências: maior suporte para o crescimento do cliente
22 de Novembro de 2021

Evolução das agências: maior suporte para o crescimento do cliente

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

 

Vimos mudanças significativas no setor de publicidade nos últimos meses, incluindo a evolução do papel das agências. Como muitas empresas enfrentam uma pressão crescente para provar que os gastos com mídia podem gerar resultados como vendas e receita, as agências se tornaram cada vez mais responsáveis por criar novas estratégias de crescimento, desenvolvendo maneiras de sustentar esse crescimento e se preparando para o futuro. 

Na pesquisa Impacto da COVID-19 no Marketing da Criteo, feita com 1.000 executivos de marketing, 72% disseram que o marketing se tornou mais relevante para sua empresa durante a pandemia. Isso indica que os profissionais de marketing viram potencial para investimento no setor durante os desafios criados pelo isolamento social e, com os resultados gerados, se tornou uma área importante mesmo com a retomada das atividades do dia-a-dia.  

Como resultado da queda de receita em 2020, as empresas estão trabalhando duro para retomar o crescimento pré-pandemia: cerca de 55% dos executivos de marketing buscam conquistar novos clientes e 54% buscam reter consumidores que já compraram em suas lojas. 

A cada ano, grande parte dos orçamentos de marketing vai para a mídia digital e esse fluxo tem aumentado à medida que novos canais surgem e são adotados pelos consumidores. Os orçamentos de publicidade digital no Brasil totalizaram R$ 13,2 bilhões no primeiro semestre do ano, o que representa um aumento de 25% sobre os R$ 10,5 bilhões investidos no primeiro semestre do ano passado, de acordo com o estudo Digital AdSpend 2020/2021 da Kantar Ibope Media e Internet Advertising Bureau (IAB) Brasil. 

Mix de canais  

Com mudanças constantes na jornada do consumidor, agora é mais importante do que nunca ser responsivoaos orçamentos dos clientes e testar quais canais atingem diretamente os objetivos das marcas. Afinal, os canais de publicidade certos para uma empresa nem sempre são igualmente eficazes para outra. 

No ano passado, nossa Pesquisa de Marketing indicou que 47% dos profissionais de marketing gastaram entre 20 e 50% de seu orçamento em mídias sociais, enquanto 46% investiram entre 20 e 50% de seu orçamento em marketing de conteúdo. Os investimentos em email marketing e vídeo pago chegaram a 20% do orçamento total, com 48% e 50% respectivamente. 

Cerca de 49% dos entrevistados disseram que investem até 20% de seu orçamento em estratégias omnicanal e 47% disseram que até 20% do orçamento é usado em retargeting e anúncios pagos em aplicativos. 

Independentemente do canal, a chave é reconhecer a importância de alcançar os consumidores em todos os pontos de contato que podem influenciar suas decisões de compra. Em anos de recuperação, como 2021, é fundamental que as agências empoderem seus clientes a investir em commerce media e entregar resultados ao longo da jornada de compra. Sem criar esses novos pontos de contato ao longo da jornada do cliente, as empresas podem perder a chance de se conectar com novos públicos, guiá-los por todo o funil de marketing e aumentar as vendas e a fidelidade. 

*Tiago Cardoso, diretor-geral da Criteo para América Latina

 

Publicidade
Publicidade