Publicidade
WK Sistemas apresenta seu novo posicionamento de mercado
12 de Novembro de 2021

WK Sistemas apresenta seu novo posicionamento de mercado

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Uma das mais tradicionais empresas do ecossistema de tecnologia catarinense, a WK Sistemas, lançou sua nova estratégia para se posicionar no mercado, que conta com uma nova marca e nova interface de produto.

Para lançar as novidades, a empresa está investindo cerca de R$ 6 milhões, entre ações de marketing, tecnologia, no time de pessoas e em consultorias especializadas. Com os investimentos, a companhia projeta continuar e aumentar o crescimento dos últimos anos.

Publicidade

Em 2020, mesmo com toda a instabilidade econômica por conta da crise do Coronavírus, a empresa ultrapassou a meta de aumentar o faturamento anual em 12%, chegando aos 15% de crescimento. Este ano não está sendo diferente: até o final de outubro, a organização já havia ultrapassado a meta de aumentar 25% suas receitas, chegando a 36% de crescimento. Para 2022, as projeções preliminares também são otimistas, na casa dos 25%, baseadas em toda a nova – e mais agressiva – estratégia da empresa.

Rebranding e novo posicionamento
Uma das grandes mudanças é o lançamento da nova marca da empresa, que passa a se chamar apenas WK. A renovação da identidade visual, feita pela agência Aurora, foi desenhada pensando em unir a tradição e a modernização com a contemporaneidade e o olhar para o futuro da marca.

Marcio Tomelin, Diretor de Produto e Mercado da organização afirma que, “Nós temos uma longa história, de 37 anos, e essa é a nossa maior virada. Estamos passando por grandes mudanças, tanto em nível organizacional quanto no estratégico, e, para marcar essa nova fase, precisávamos fortalecer nossa marca e modernizar nossos produtos”, comenta. “Nós estamos resgatando e preservando toda a nossa expertise enquanto fortalecemos o que não era bem comunicado. Nosso posicionamento era mais tímido, mas agora queremos mostrar todo o potencial que temos. Na prática, vamos ser uma nova WK em todos os sentidos: produto renovado, pilares restabelecidos, nova marca e um posicionamento de mercado mais forte e ousado, destacando o que temos de melhor”, ressalta Tomelin.

Nova interface traz mais autonomia para os usuários
Outra novidade anunciada é a atualização para uma nova interface dos produtos e soluções da WK. O novo design foi atualizado com tecnologias de alta performance e algoritmos de mineração de dados, com direcionamento para as atividades rotineiras. Algumas das atualizações foram um mecanismo de busca, indicadores de performance e listas de tarefas e lembretes com notificações inteligentes organizadas em cards. Com isso, o usuário ganha mais tempo, agilidade e produtividade na execução de tarefas administrativas ou operacionais.

Investimentos em startups e gestão de risco são prioridades para o futuro
Uma das principais prioridades da empresa para o próximo ano será expandir o portfólio de APIs, trazendo novas parcerias que conectem a solução da WK com outras plataformas e empresas, principalmente no ramo financeiro. A empresa já tem contratos com diversos serviços, desde grandes bancos (como BTG e Banco do Brasil), até cooperativas e startups. As negociações com startups, inclusive, também vão ser priorizadas nos próximos anos.

“A crise pegou todos de surpresa e afetou o setor empresarial de diferentes formas. Nós queremos levar para o sistema algumas informações que deem alertas para o cliente sobre determinados pontos que merecem cuidado dentro da operação, mitigando alguns riscos. Queremos ajudar os negócios a estarem mais bem preparados em eventos extremos, como uma pandemia”, ressalta Tomelin.

No mercado, foco é a captação de novos clientes
Para 2022, as ações estratégicas estarão voltadas, paralelamente, ao fechamento de novos contratos e à retenção de usuários. Com os investimentos em marketing, que vão ser mais do que dobrados, e o reforço da marca no mercado, as expectativas são de elevar a carteira de clientes. Hoje, a WK já tem mais de 7 mil CNJPs com contratos ativos usando os produtos da empresa, como a Anistia Internacional, Cia do Terno, Indústria Dureino, Olimed, Instituto Baleia Jubarte, Hospital Santa Marcelina, entre outros.

Para alcançar as metas, a empresa pretende ainda lançar um novo modelo para os canais parceiros, que vai trazer ainda mais força para a marca.

 

Futuro dos ERPs
“Dentro do nosso ERP temos alguns recursos voltados à produtividade e colaboração. Não é exatamente o papel do sistema, mas nós entendemos que isso tem a ver com os processos que giram dentro dele. De maneira prática, nós temos mecanismos automáticos que vão lembrar ao usuário o que ele precisa fazer de uma maneira dinâmica e digital, assim como indicadores de operações que ele está envolvido. O sistema é gigante, por isso o cliente precisa alcançar as informações que precisa de forma fácil e ágil. Com a nova interface, nós vamos facilitar ainda mais esse processo. Somos uma empresa inquieta e idônea, movida por um propósito relevante: queremos desafiar alguns valores e crenças do mercado, liderando um movimento de mudança. A forma como fazemos isso é criando e fornecendo soluções, organizando processos e desenvolvendo softwares de fácil operação, capazes de serem integradas por diversos setores de uma empresa, como vendas, finanças, estoque e RH, e orientados a impulsionar diferentes tipos de negócios”, conclui.
 

Publicidade
Publicidade