Publicidade
IRES lança nova pesquisa sobre sustentabilidade e práticas ESG
02 de Agosto de 2023

IRES lança nova pesquisa sobre sustentabilidade e práticas ESG

Interessados têm até o dia 4/8 para responder ao questionário

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

O IRES – Instituto de Responsabilidade Socioambiental da ADVB, Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil, lançou a 15° Edição da Pesquisa Nacional sobre Sustentabilidade nas organizações e aplicação das dimensões ESG.

Com a oportunidade de participarem, as organizações podem responder o questionário até o dia 4/8, que é destinado à pesquisa de empresas de grande, médio e pequeno porte em todo o território nacional. O resultado servirá de modelo para a percepção da aplicação de práticas sustentáveis nos negócios e seus impactos positivos na sociedade.

Publicidade

“As boas práticas de ESG, ou seja, de governança, responsabilidade social e com o meio ambiente, mais do que nunca são fatores que contribuem para o balanço positivo das empresas. Organizações que se dedicam a temas socioambientais estão cada vez mais nas preferências dos consumidores. As práticas ambientais, sociais e de governança alcançam impactos positivos, como maior lucratividade e aumento de seu valor de mercado a longo prazo”, comentou Livio Giosa, coordenador geral do IRES.

Para Aristides Cury, presidente da ADVB “A conversação do meio ambiente e a atuação em temas como aquecimento global e emissão de carbono, poluição do ar e da água, biodiversidade, desmatamento, eficiência energética, gestão de resíduos, bem como a escassez da água são temas em que as pessoas estão cada vez mais envolvidas, considerando nos produtos ou serviços no momento do consumo”, reforçou.

As organizações que desejam permanecer competitivas no mercado precisam ampliar suas perspectivas sobre esses temas, já que o investimento sustentável está no radar há alguns anos, especialmente dos que seguem as tendências do mercado financeiro global, tanto para as grandes empresas, como para investidores médios e pequenos. Até o ano passado, a classificação de fundos sustentáveis abrangia apenas a classe de ações. Com a mudança, torna-se possível acompanhar com mais proximidade o novo mercado e auxiliar os investidores com as demandas sustentáveis.

O formulário para participar da pesquisa já está disponível.

Foto: Freepik

Publicidade