Publicidade
Dobrou o número de parceiros da Copa do Mundo de Futebol Feminino 2023
04 de Agosto de 2023

Dobrou o número de parceiros da Copa do Mundo de Futebol Feminino 2023

Com marcas de diversos segmentos, a quantidade de parceiros da Copa do Mundo de Futebol Feminino 2023 foi muito maior do que em 2019.

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

 

Depois de muito tempo de preparação, foi anunciado pela FIFA, segundo o Marketing Directo, que todas as cotas de patrocínio foram vendidas. Grandes empresas se tornaram parceiros da Copa do Mundo de Futebol Feminino 2023, que acontece na Austrália e Nova Zelândia.

Publicidade

O evento, que tem a final marcada para o dia 20 de agosto, é o maior de toda a história voltado para o público feminino. Com 64 partidas, mais de 32 seleções começaram a competição, porém, apenas uma levará a taça de campeão.

Infelizmente, a seleção brasileira não está mais na edição, já que foi eliminada na fase de grupos.

Conheça os trinta parceiros da Copa do Mundo de Futebol Feminino 2023

Quando olhamos para os parceiros da Copa do Mundo de Futebol Feminino 2023, vimos um aumento de 100% na quantidade de marcas envolvidas no evento. Em 2019, a Fifa comercializou doze cotas, sendo seis parceiros e seis patrocinados dos países-sede. Já, em 2023, foram fechadas 30 cotas comerciais.

Entre as marcas que fazem parte do estão:

  • Cinco empresas que são parceiras da FIFA (Coca-Cola, Adidas, Qatar Airways, Wanda e Hyundai);
  • Duas marcas parceiras do futebol feminino (Xero e Visa);
  • Nove marcas como patrocinadores globais do evento (Cisco, Budweiser, McDonald’s, Dove, Booking, Rexona, Globant, Lifebuoy, Panini, Mengniu, Lux e Team Global Express);
  • Os promotores e torneios são quatorze (Estrela Bet, TAB, FritoLay, Claro, Yadea, CMG, Jacob’s Creek, BMO, CommBank, Itaú, Optus, Hublot, Geico e Inter Rapidísimo).

“No centro de tudo o que fazemos na FIFA Women’s World Cup™ está o desenvolvimento do futebol feminino em todo o mundo. Estou impressionado com o forte e extenso apoio que nossos afiliados comerciais nos deram neste torneio”, comentou Sarai Bareman, Diretora da Divisão de Futebol Feminino da FIFA. “Eles vão nos ajudar a desenvolver o esporte e dar a mais mulheres e meninas a chance de jogar. Obrigado a todos”, complementou.

Além dos parceiros da Copa do Mundo de Futebol Feminino 2023 fecharem os patrocínios, alguns deles também aproveitam o momento para mostrar o seu apoio ao futebol feminino, incluindo, mensagens na sua campanha de publicidade, durante este período.

Porém, não é apenas a Copa do Mundo Feminina que movimenta as marcas que “levantam a bandeira” do futebol feminino. A Adobe, por exemplo, se juntou a Just Woman’s Sport com o intuito de dividir a trajetória de Carli Lloyd e Ashlyn Harri, duas jogadoras da modalidade. O Google Pixel fechou o patrocínio oficial da liga profissional de futebol feminino da Alemanha, a Frauen-Bundesliga.

Já a Volkswagen, não é um dos parceiros da Copa do Mundo de Futebol Feminino 2023, mas contratou a Alyssa Thompson, a jogadora americana mais nova da seleção feminina de futebol, para fazer o anúncio de novos veículos.

Foto: Pixabay

Publicidade
Publicidade