Publicidade
Como o pacote econômico para 2015 pode influenciar seu e-commerce?
01 de Fevereiro de 2015

Como o pacote econômico para 2015 pode influenciar seu e-commerce?

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook
Por Cristiano Chaussard 01 de Fevereiro de 2015 | Atualizado 03 de Dezembro de 2021

Num primeiro momento, as mudanças previstas no novo pacote econômico para 2015 podem dar a impressão de que não afetarão o empresariado, já que as principais propostas foram nas políticas beneficiárias, como seguro desemprego e pensões. No entanto, economistas alertam para o fato de que ajustes fiscais também estão previstos neste pacote. Entenda este momento, então, como uma época de ajustes de estratégias comerciais e revisão na agenda de planejamentos feitos ainda em 2014.


Bandeira_Brasil_Grafico

Publicidade

 

Tendo isso em mente, vender é a palavra que garante a toda empresa um espaço de vantagem no mercado e a possibilidade de menor impacto causado por pacotes econômicos. É vendendo que se gera receita e fideliza clientes, algo vital para a saúde de uma empresa, seja B2B ou B2C. Assim, independente das incertezas econômicas, pensar em fortalecer seus canais de vendas vai ser, com certeza, a melhor e mais eficaz estratégia.

  • Mas, como fortalecer os canais de vendas com cautela nos investimentos?

Para esta questão é necessário uma avaliação na ponta do lápis, onde o importante é conseguir a maior ampliação possível no poder de vendas com o menor investimento para isso. Desta forma, apostar num ponto de vendas virtual pode ser a melhor saída, já que as vantagens são incontáveis. Citarei uma que merece destaque especial: a abrangência comercial não tem limite territorial e, para que sua empresa pudesse ter a mesma eficiência, seria necessário um investimento muito alto ou deslocamento de representantes comerciais. Isso sem contar catálogos ou amostras de produtos. Investir em um e-commerce, ainda mais se a sua marca já está estabelecida no mercado, pode proporcionar um grande alcance de vendas por um menor preço.

  • E qual será o investimento para que sua empresa possa ter tamanha prospecção apenas com uma filial virtual?

Cada projeto tem suas particularidades e precisa ser avaliado por um profissional especializado. Neste caso, seria necessária a consultoria de um especialista em marketing digital focado em e-commerce e outro que trabalhe com plataformas de e-commerce. Ambos são indispensáveis para que seu projeto tenha êxito. Afinal, nenhuma boa estratégia em marketing digital conseguirá alcançar seus objetivos se a plataforma adotada como sua filial virtual não oferecer um completo banco de funções adequadas para transações B2C ou B2B, além de todas as peculiaridades de suas políticas comerciais. Uma solução completa, disponibiliza profissionais especializados em identificar a tecnologia adequada para suas operações. Assim, enquanto o impacto do pacote econômico 2015 não fica claro, sua empresa não vai poder parar no tempo e correr o risco de perder bons negócios.

Publicidade
Publicidade