Publicidade
Startup Summit se prepara para sua maior edição
03 de Agosto de 2022

Startup Summit se prepara para sua maior edição

Evento será nesta quinta e sexta-feira no CentroSul, em Florianópolis. A organização é do Sebrae, em parceria com ACATE e ACIF

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

O Startup Summit está nos últimos preparativos para sua quinta edição, em que estima  receber um público de 5,7 mil pessoas. As inscrições para assistir às palestras de forma virtual superaram o total de 19 mil pessoas. O evento será realizado a partir de amanhã (04) no CentroSul, em Florianópolis. A organização é do Sebrae, em parceria com a Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) e a Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF), realiza a quinta edição do Startup Summit.

Esta será a maior edição do evento. Segundo Alexandre Souza, gestor do projeto Startup SC, do Sebrae Santa Catarina e coordenador do Startup Summit, mais 3,1 mil participantes que estarão presencialmente no Centrosul são catarinenses e 36% vêm de outros Estados. A maior parte é de São Paulo (714), seguida de Rio Grande do Sul (529), Paraná (413) e Minas Gerais (183).

Publicidade

“Não poupamos esforços para trazer o maior número de experiências presenciais. Para isso, teremos 90 palestrantes nacionais e internacionais, apresentando conteúdos que fazem toda a diferença para o empreendedor. A feira de negócios é outro espaço estratégico para a troca entre pares e networking, reunindo mais de 50 expositores e 120 startups com diferentes estágios de desenvolvimento”, ressalta Souza.

Capital empreendedor

Historicamente, o evento é reconhecido pela capacidade de fomento de novas startups e atração de investidores para negócios nascentes. Pensando nisso, neste ano, o Sebrae estreará o programa Capital Empreendedor, voltado para a preparação e educação de empreendedores e sócios de startups à captação de recursos. Um dos objetivos é conectar diferentes atores do ecossistema inovador, fazendo com que o investimento chegue de forma mais rápida às startups.

Outro característica intrínseca ao evento são interações entre players do ecossistema. Neste ano, estarão presentes no Startup Summit empresas como EBANX, Sólides, Omie, Loft, Gupy, Único, Mercado Bitcoin, Google, AWS, Astella Investimentos e G2 Capital. “Independente da etapa do negócio, a troca entre pares é fundamental para constante evolução do serviço ou produto. Encontramos, em livros e na internet, conteúdos muito ricos sobre empreendedorismo, mas isso não substitui o poder trocar uma ideia cara a cara com essas pessoas”, complementa Souza.

Atrações internacionais e a potência do ecossistema empreendedor catarinense

Além de grandes nomes do empreendedorismo inovador nacional, como Camila Farani, Eric Santos, Florian Hagenbuch, Gabriela Prioli, entre outros, o palco do Startup Summit receberá também palestrantes internacionais. Um dos nomes já confirmados é o do escritor Chris Yeh, coautor do livro “Blitzscaling”, best-seller que explica o método de crescimento exponencial utilizado por empresas de alta tecnologia como Amazon, Alibaba e Airbnb. Chris Yeh escreveu o livro junto com Reid Hoffman, cofundador do LinkedIn, com quem possui outro título publicado. A Aliança, livro de 2014, explica como gerir talentos na era digital.

A presença dessas figuras, relevantes para o segmento em níveis nacional e internacional, só é possível graças à força do ecossistema empreendedor que existe em Santa Catarina. De acordo com o Observatório da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE), realizado em 2021, o setor tecnológico de SC possui o terceiro melhor desempenho do país, com 17.720 empresas e crescimento de 63% entre 2015 e 2020. O estudo também reconhece, pelo terceiro ano consecutivo, que este setor catarinense é o mais especializado do Brasil: 61,5% dos profissionais atuam diretamente em empresas de tecnologia. “Esses dados são mais uma evidência da potência que Santa Catarina traz para o segmento empreendedor. Por conta disso, conseguimos fomentar, cada vez mais, um ambiente propício para inovação”, finaliza Alexandre Souza, coordenador do Startup Summit.

Publicidade
Publicidade