Publicidade
Nova linha da Melissa é feita com material sustentável da cana-de-açúcar
16 de Julho de 2021

Nova linha da Melissa é feita com material sustentável da cana-de-açúcar

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

A Melissa apresentou recentemente seu modelo de “chinelo-nuvem” que propõe unir conforto e design, segundo a marca. A Melissa Free apresenta em sua identidade o diferencial sustentável do material utilizado, que recebe o nome de Melfree, por ser o primeiro monobloco em E.V.A. Biobased da Melissa.

O grende diferencial dos produtos é que eles são fabricados com  matéria-prima extraída da cana-de-açúcar, e conta com 20% de carbono renovável (a cana é responsável por esse número), se tratando de um E.V.A que emite até 65% menos CO2eq (unidade de medida internacional que traduz os demais gases do efeito estufa em termos equivalentes ao CO2).

 “É a primeira vez que lançamos produtos 100% EVA na Melissa e esse é um passo muito importante na diversificação no mix de produtos assim como na busca por atributos tão importantes como conforto. A nossa comunicação explora a textura do material, ressaltando leveza, conforto e design como diferenciais”, afirma a gerente geral da Melissa, Raquel Scherer.

Sustentabilidade

O lançamento é resultado do trabalho de um departamento inteiro destinado pela Grendene especialmente para desenvolvimento de produtos que atendam essa demanda. A marca, que iniciou sua “Jornada da Sustentabilidade” há 10 anos, fabrica calçados de plástico de uso contínuo, como os utilizados em utensílios domésticos, computadores, brinquedos, etc.. Os produtos são veganos e produzidos com PVC 100% reciclável e incluem até 30% de material reciclado na sua composição. 

Os preços dos calçados da linha Melissa Free vão de R$ 150,00 até R$ 170,00.

Publicidade
Publicidade