Publicidade
Empresa Dualbase, com sede em Palhoça, é finalista do Prêmio de Inovação Catarinense
21 de Julho de 2022

Empresa Dualbase, com sede em Palhoça, é finalista do Prêmio de Inovação Catarinense

Dualbase implantou a 1ª Estação Meteorológica em funcionamento na Antártica, com tecnologia totalmente desenvolvida no Brasil

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

A Dualbase empresa graduada pelo Inaitec e que atua na área de monitoramento ambiental está concorrendo na categoria Inovação em Produto no Prêmio Professor Caspar Erich Stemmer.

A instituição criada em 2009 tem como sócios Gustavo Becker Ventura e Felipe Alfredo Jah. A Dualbase está entre as 10 primeiras startups incubadas que se instalaram no Parque Tecnológico Pedra Branca e Incubadora de Empresas (Inaitec) em 2010, período em que passou por um profundo processo de incubação gerenciado por Tamiko Yamada, ex-coordenadora do Inaitec.

Publicidade

Atualmente a empresa está instalada em uma área de 2 mil metros quadrados no Jardim Eldorado, e é maior fabricante nacional de equipamentos para monitoramento ambiental.

O Prêmio Professor Caspar Erich Stemmer, foi criado por meio da Lei 14.328 (Lei Catarinense de Inovação), de 2008. Uma homenagem à memória do professor Caspar Erich Stemmer, personalidade catarinense de destaque nacional no desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI).

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) é a responsável pela organização do evento. A premiação, na qual será anunciada a colocação de cada finalista, ocorrerá em cerimônia em data a ser definida pela Diretoria da Fapesc.

“É um momento muito importante para o ecossistema de Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) de Santa Catarina”, afirmou a presidente interina da Fapesc, Letícia Maria da Silva. “O prêmio é um reconhecimento aos nossos empreendedores e inovadores e tem a função de estimular ainda mais o desenvolvimento do nosso estado”, acrescenta.

Publicidade
Publicidade